O ex-juiz Sergio Moro tem rejeição popular de 63% no cenário político atual do Brasil
O ex-juiz Sergio Moro tem rejeição popular de 63% no cenário político atual do BrasilMarcos Correa
Por ESTADÃO CONTEÚDO
Brasília - A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) retoma na tarde desta terça-feira (23) o julgamento sobre a suspeição do ex-juiz Sergio Moro no caso do tríplex do Guarujá (SP). Indicado ao STF pelo presidente Jair Bolsonaro, o ministro Kassio Nunes Marques pediu vista, que é mais tempo para análise, no início do mês, suspendendo a discussão sobre a parcialidade do ex-juiz federal ao condenar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso do tríplex do Guarujá.
Kassio Nunes Marques devolveu a vista na manhã desta terça-feira e o caso acaba de ser incluído na pauta da Segunda Turma desta tarde. Em entrevista ao Estadão publicada no último dia 13, o relator da Operação Lava Jato no STF, Edson Fachin, disse que a Lava Jato terá o mesmo fim que a Operação Mãos Limpas teve na Itália, se Moro for declarado parcial.