É o Bicho
Coluna
É o Bicho
Com Maria Inez Magalhães - minez@odia.com.br

Novos cães da Seap serão treinados para identificar celulares que entram em presídios

Frida, Java e Quatiara são as "agentes penitenciárias" do Grupamento de Operações com Cães (GOC), que vão farejar ainda drogas e vistoriar veículos nas unidades prisionais

Por O Dia

Pela primeira vez Seap compra cães para o grupamento da secretaria, que agora tem 12 cachorros
Pela primeira vez Seap compra cães para o grupamento da secretaria, que agora tem 12 cachorros -
A Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) do Rio acaba de ganhar três novas "agentes penitenciárias". São as cadelas Frida, Java e Quatiara que compõem o Grupamento de Operações com Cães (GOC). As três se juntaram aos outros cães elevando para 12 o número de cães do GOC. 
Os cães serão os primeiros do grupamento a serem treinados para identificar a entrada de celulares nos presídios - DIVULGAÇÃO / SEAP
As cadelas serão os primeiros peludos do grupamento a serem treinados para identificar celulares que entram irregularmente nas unidades prisionais e também os primeiros a serem comprados para o GOC. Elas foram adquiridas por meio de licitação. 
Os animais, da raça Pastor Belga Malinois, têm entre 2 e 3 anos e serão empregados em operações dentro das unidades prisionais não só na busca de celulares mas também de drogas. As três peludas ainda atuarão em vistorias nas portarias principais das cadeias e em veículos que entram no Complexo Penitenciário de Gericinó.
As novas cadelas da Seap se apresentaram em feira pet nessa semana e fizeram sucesso - DIVULGAÇÃO / SEAP
E essa semana duas das três cadelas fizeram bonito. Quatiara e Java se apresentaram na Riovet Trade Show, evento voltado para o segmento animal, no Riocentro, na Zona Oeste do Rio. Na ocasião, as pastoras mostraram todas as suas habilidades e foram aplaudidas. Uma graça!
Os animais, da raça Pastor Belga Malinois, têm entre 2 e 3 anos - DIVULGAÇÃO / SEAP
"A compra de novos cães gera otimização do tempo de treinamento e é um alto ganho não só para nós do grupamento. Os cães já vêm praticamente prontos para o serviço. O que nós fazemos, aqui, é aperfeiçoar a performance e treiná-los para os fins específicos das operações da Seap", explicou o chefe do GOC, o inspetor penitenciário e veterinário Fábio Rodrigues Marques.

Galeria de Fotos

Pela primeira vez Seap compra cães para o grupamento da secretaria, que agora tem 12 cachorros DIVULGAÇÃO / SEAP
Inspetores do GOC comemoram as novas aquisições e apresentam as novos "colegas de trabalho" DIVULGAÇÃO / SEAP
As novas cadelas da Seap se apresentaram em feira pet nessa semana e fizeram sucesso DIVULGAÇÃO / SEAP
Os cães serão os primeiros do grupamento a serem treinados para identificar a entrada de celulares nos presídios DIVULGAÇÃO / SEAP
Os animais, da raça Pastor Belga Malinois, têm entre 2 e 3 anos DIVULGAÇÃO / SEAP

Comentários