Saxofonista Leo Gandelman recebe Gilberto Gil na estreia de 'Vamos Tocar', no Bis

Artista explica que a música é uma linguagem que toca o coração, aproxima as pessoas, não existe fronteiras, e esse clima é refletido na nova temporada do programa

Por Gabriel Sobreira

Caetano Veloso e Leo Gandelman
Caetano Veloso e Leo Gandelman -

Rio - Gilberto Gil abre a terceira temporada do 'Vamos Tocar', que estreia hoje, às 19h, no Canal Bis. Comandado pelo saxofonista Leo Gandelman, o programa é gravado direto de um estúdio na casa do apresentador e mostra seus convidados em clima intimista, interpretando canções autorais ou de outros artistas. "O Leo é um dos músicos mais completos da geração dele. Realizou colaborações extraordinárias para vários artistas e de vários gêneros. Participar desse programa foi uma grande diversão e honra", diz Gilberto Gil.

"Tocar com o Gil foi uma alegria total. Sou muito fã dele, tive a oportunidade de interagir com ele durante todos esses anos da minha carreira. Gravei com ele vários solos, dentre eles o 'Punk da Periferia', que a gente teve a chance de reviver aqui no programa. O Gil é um artista ímpar para o cenário da música brasileira, e para mim é um orgulho poder abrir a temporada com ele no primeiro episódio", derrete-se Gandelman.

PARTICIPAÇÕES

Além de Gil, ao longo de dez episódios, a atração contará com a participação de Caetano Veloso, Os Paralamas do Sucesso, Zeca Baleiro, Teresa Cristina, Lenny Andrade, Roberto Menescal, Alceu Valença, João Bosco e Pepeu Gomes. Para Herbert Vianna, vocalista dos Paralamas, participar da temporada foi uma grande alegria.

"Temos uma admiração e sintonia muito marcantes com o Leo. Todos os momentos em que a gente se encontrou e trabalhou juntos foram muito especiais. E, dividir algumas horas com ele gravando o programa, fazendo o que a gente mais ama na vida, foi incrível", afirma Herbert.

CORAÇÃO

Leo explica que a música é uma linguagem que toca o coração, aproxima as pessoas, não existe fronteiras, e esse clima é refletido no 'Vamos Tocar'. "O público passa a ver o trabalho de cada artista de uma forma muito especial, aproximando ainda mais o público do programa", explica o apresentador, que entre uma música e outra é sempre pautado por histórias dos amigos. "Falamos basicamente sobre a infância, a origem, sobre o que a música significa e indagações sobre o futuro da música", entrega.

AMIGOS

Com três temporadas, o programa tem fôlego (e amigos) para muitas outras, e quem afirma é Leo Gandelman. "Temos o desejo de transformar o 'Vamos Tocar' em um catálogo dos artistas mais importantes, que marcaram a nossa música. Ainda tenho muitos artistas e amigos para participar. Uma quarta temporada já está prometida. Vários artistas já toparam participar de uma próxima temporada", revela, sem entregar os convidados.

Segundo Pedro Von Kruger, diretor do programa, o fato de gravar a atração na casa de Leo é um grande acerto. "Todos os convidados já o conhecem há bastante tempo, e com isso, todos se sentem muito à vontade. Nesse programa, a música e o encontro entre amigos são os objetos principais, muito mais do que a luz e as câmeras", destaca.

Galeria de Fotos

Caetano Veloso e Leo Gandelman Gianne Carvalho/Canal BIS
À esq., o apresentador e saxofonista Leo Gandelman tocando com Caetano Veloso. Acima, com Roberto Menescal. Abaixo, Leo com Gilberto Gil nos bastidores do 'Vamos Tocar' Gianne Carvalho/Canal BIS
Leo Gandelman e Roberto Menescal Gianne Carvalho/Canal BIS

Comentários

Últimas de Televisão