Diretor do 'Vídeo Show' admite baixa audiência: 'Não posso fingir'

Ricardo Waddington afirmou que estuda novas mudanças na atração

Por karilayn.areias

Rio - Ao contrário de Zeca Camargo, que se irritou ao ser questionado sobre a baixa audiência do "Vídeo Show" na Globo, o diretor Ricardo Waddington admite que o formato implementado no final do ano passado precisa ser revisto.

Novo formato do 'Vídeo Show' não agradou o públicoDivulgação

"Não posso fechar os ouvidos e fingir que nada está acontecendo. Fazer TV é diálogo, DR (discutir relação) direto, todo dia conversando, ouvindo, falando. O "Video show" está em eterna mudança, vamos conhecendo o público e mexendo. Se o público não gosta, a gente muda. Não tenho pudor em relação a isso; a gente erra, acerta", afirmou Waddington.

Entre as ideias para alavancar os números do programa está um concurso para escolher um ator para a próxima novela das 18h, "Boogie Woogie", que tem previsão de estreia para agosto.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia