Por karilayn.areias

Rio - A brasileira Kirlyam, de 21 anos, deixou a casa da família em Goiânia para ir atrás do amor do americano Alan, 29, um missionário mórmon que mora em Los Angeles. Sem falar uma palavra de inglês, ela tem apenas três meses para conquistar a família dele e transformar a paixão à primeira vista em casamento. Histórias como a de Kirlyam são o mote da série ‘90 Dias para Casar’, que estreia amanhã, às 20h40, no Discovery Home & Health.

A brasileira Kirlyam e o americano Alan%3A casamento marcado nos EUADivulgação

Os casais são formados por homens que vivem nos Estados Unidos e mulheres de outra parte do mundo. No caso, elas conseguiram um visto especial — chamado K1 —, podendo passar 90 dias no território americano. Ao final dessa contagem regressiva, os pombinhos têm que estar casados oficialmente. Caso contrário, elas retornam para o país de origem.

Kirlyam e Alan se conheceram a poucos dias do americano retornar aos EUA. A jovem, que nunca havia saído de Goiânia, de repente, já estava de casamento marcado na terra do noivo. Mas ela, assim como outras moças da série, precisa da aprovação da família do noivo, já que muita gente acha que as estrangeiras só querem aplicar o golpe do visto permanente.

Você pode gostar