Cacau Protásio estrela série da comédia 'Trair e Coçar É Só Começar’

Em cartaz há 29 anos, peça vira série do Multishow

Por clarissa.sardenberg

Rio - Encenar uma peça por dois anos com casa cheia é um feito para poucos no país. Mas o que dizer de uma peça que está em cartaz há quase 30 (recorde no ‘Guinness’), com uma plateia estimada em seis milhões de espectadores? Esse ‘milagre’ tem título: ‘Trair e Coçar É Só Começar’. E o santo atende pelo nome de Marcos Caruso.

Cacau Protásio lidera o elenco de ‘Trair e Coçar’%2C do MultishowDivulgação

O sucesso desse exemplar com raízes no teatro de variedades (em que um mal-entendido detona uma série de situações bizarras e hilárias) ganha agora formato para a TV e estreia hoje, às 22h30 (de segunda a sexta), no Multishow. O próprio Caruso assina a adaptação que traz a talentosa Cacau Protásio como a empregada Olímpia, que passa a trabalhar para os patrões (Márcia Cabrita e Cássio Scapin) recém-separados. A ingenuidade de Olímpia e sua mania de levar tudo ao pé da letra servirá de ‘escada’ para situações cômicas.

“Estamos falando de um humor simples, cotidiano e até ingênuo. Vamos falar de todos os tipos de traição: amorosa, entre amigos, de princípios”, conta Caruso. Daniele Valente, Gorete Milagres, Marcelo Flores e Vinicius Marins completam o elenco, que tem direção de César Rodrigues e Caetano Caruso.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia