Eliminada, Harumi critica Laércio: 'Muito contraditório'

Torcida de Harumi agora vai para Renan e Geralda

Por tabata.uchoa

Rio - Harumi foi eliminada no paredão desta terça-feira com 65% dos votos em uma disputa com Daniel. Em entrevista coletiva após a eliminação, a jornalista contou que torce para Renan e Geralda. Ela ainda criticou Laércio e defendeu Ronan. "Gostei do Ronan. Pela história de vida dele, ele é um artista. Ele atua, fala para a câmera. Ele tem espaço pra ser ator", disse.

Após a eliminação de Harumi, sisters dançam funk

Harumi posa para foto após eliminação do 'BBB 16'Divulgação

"Minha torcida vai para o Renan. Acho que ele pode ir para frente", disse Harumi, que também gostaria que Geralda levasse o prêmio. "Gostaria que Geralda ganhasse, mas não ganha. Ela se perde um pouco nos enredos dela. Ela é muito simplória e as pessoas podem dar um belo um golpezinho. A moçadinha lá é esperta".

A primeira eliminada também criticou Laércio e o chamou de contraditório. "Ele contou histórias que não me agradaram. Eu não gosto de gente que prega uma coisa e pratica outra. Quando entra nesse jogo, não tem que usar drama de vida. O Laércio era minha opção. A vibração dele pesou pra mim. Achei muito contraditório o que ele está tentando passar com as atitudes dele", afirmou a jornalista, que trambém criticou Daniel. "O Daniel era um filhão pra mim. Mas ele é jogador mesmo e tem a manha".

Agora que deixou o reality show, Harumi pretende tocar um projeto com Ana Paula, que ainda está na casa. "Espero virar porta-voz de mulheres mais velhas que queiram se reinventar na vida. Quero trabalhar na minha área. Tenho muita coisa para colaborar. Sou jornalista, mas sempre trabalhei na comunicação corporativa. Tenho vários projetos culturais. Adoraria fazer um festival com reggae, hip hop e rap", explica ela. "Quero a Ana Paula para trabalhar comigo. Ela é uma pessoa interessante".

Harumi ainda falou sobre ter posado nua quando era mais jovem. "Faz tanto tempo. Hoje em dia eu não faria. Se tivesse a minha idade naquela época, não faria. O nu de hoje não é o mesmo. Não me arrependo de nenhuma foto que eu tenha feito na vida. Eram lindas e artísticas", concluiu.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia