'Pilatos é um personagem gigante', diz Nicola Siri

Ator italiano interpreta o governador romano da Judéia em 'Jesus' e fala do desafio do seu papel na Record TV

Por RODRIGO TEIXEIRA | rodrigo.teixeira@odia.com.br

Durante cinco anos, o ator Nicola Siri estou latim e grego antigo
Durante cinco anos, o ator Nicola Siri estou latim e grego antigo -

Rio - Escalado para o papel de Pôncio Pilatos em 'Jesus', na Record, Nicola Siri rememorou sua história para dar vida ao governador romano. O ator italiano, que interpreta o todo poderoso da província da Judéia, conta que estudou muito o Império Romano na escola, onde também aprendeu grego e latim.

"Eu falo italiano, inglês, português e entendo o espanhol. Durante o meu 'liceo classico' (2° grau), estudei por cinco anos latim e grego antigo, que aparecem em citações nos textos da novela. Foi ótimo relembrar esses estudos", afirma o ator, que se aprofundou nas pesquisas sobre este período da História para o novo trabalho e, por isso, resgatou muitas lembranças.

"Eu sabia a sequência de todos os imperadores romanos. Aprendi todo o período de Tibério, que é o Cesar de Pilatos na época. É legal voltar aos estudos e à infância", comemora ele.

O convite para fazer parte do elenco trama bíblica veio através de Edgar Miranda, diretor geral da novela. "Ele é meu grande amigo e me ligou dizendo que eu tinha que ser o Pilatos. E eu fiquei muito feliz. Li muito sobre o período histórico e sobre o personagem, assisti a filmes, e pela quinta vez devorei 'O Mestre e Margarida', de Bulgakov, que fala sobre Pilatos e é também o meu livro preferido", disse Nicola, que sente orgulho ao lembrarem de seus personagens e ser reconhecido na rua por papéis que fez na Globo e Record TV.

"É uma grande felicidade. O Padre Pedro, por exemplo, foi o meu primeiro papel na TV brasileira, num sucesso do grande Manoel Carlos, 'Mulheres Apaixonadas'. Inesquecível", recorda-se Nicola.

O ator fala ainda do desafio de viver na TV uma figura tão emblemática, que foi Pilatos e de sua importância no contexto histórico-religioso tratado em 'Jesus'.

"Do ponto de vista histórico é um personagem gigante. É o homem que teve a vida de Jesus nas mãos e decidiu crucificá-lo. Difícil pensar num personagem mais emblemático do que Pilatos na vida de Jesus", diz o intérprete, que é só elogios ao texto da autora Paula Rachid.

"A Paula e seus colaboradores estão fazendo um ótimo trabalho. Conseguem satisfazer a curiosidade de nós atores e do público. Estão de parabéns", completou ele, que se diverte nos bastidores.

"O clima é tão bom que parece surreal. É um elenco de um talento, generosidade e carinho ímpares", finaliza o ator Nicola Siri.

Comentários

Últimas de Televisão