Mais Lidas

Steven Seagal abandona entrevista após pergunta sobre acusação de assédio

Ator é acusado de assediar pelo menos 10 mulheres

Por O Dia

Steven Seagal abandona entrevista ao ser questionado sobre acusações de assédio sexual
Steven Seagal abandona entrevista ao ser questionado sobre acusações de assédio sexual -

Rio - Steven Seagal interrompeu uma entrevista ao vivo para a BBC nesta quinta-feira após ser questionado sobre as acusações de assédio sexual que foram feitas contra ele. 

"Sobre a sua vida nos Estados Unidos, você foi registrado em alegações de assédio sexual. Você é acusado de estupro e fico imaginando como você lida com isso?", perguntou Kirsty Wark. Antes mesmo de ouvir toda a pergunta, o ator tirou seu retorno do ouvido e deixou o local. 

Regina Simons e Faviola Davis comentaram sobre o assédio pela primeira vez em abril deste ano. No total, mais de 10 mulheres acusam o ator de assédio.

Regina Simons contou que seu caso aconteceu há 25 anos, quando ela ainda era menor de idade. Segundo ela, Seagal a convidou para uma festa em casa, a levou para o quarto e a estuprou. "Eu não era sexualmente ativa ainda. Ele tirou o roupão e a próxima coisa que me lembro é dele dentro de mim. Não houve nada de consensual sobre isso", afirmou. 

Já Faviola Davis revelou que o ator beliscou seus mamilos e apertou sua vagina durante um teste para um filme, em 2002. "Depois, ele se sentou calmo, como se nada tivesse acontecido. O segurança pessoal de Steven ficou bloqueando a porta e apenas se moveu quando ele pediu. Eu saí do quarto me sentindo horrível e violentada". 

A apresentadora Lisa Guerrero também contou como foi assediada por Seagal quando tentava um papel no filme "Ameaça Subterrânea", em 1996. Segundo ela, o ator pediu que ela fosse até sua casa para uma "audição particular". Desconfortável, ela foi ao local acompanhada por sua agente. Lá, o ator as recebeu usando apenas um roupão de seda. 

Pouco depois, ela recebeu uma ligação dizendo que Seagal gostaria de dar o papel a ela, mas que ela teria que voltar até a casa dele para um "ensaio particular".

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia