Maju Coutinho estreia neste sábado no 'JN'

Ao longo da semana, a jornalista conta que ficou muito feliz com a repercussão da notícia e que recebeu muitas mensagens

Por Gabriel Sobreira

Jornalista Maju Coutinho
Jornalista Maju Coutinho -

Rio - Em poucas horas, Maju Coutinho, 40 anos, será a primeira negra a apresentar o ‘Jornal Nacional’ em quase 50 anos de existência do programa da Globo. “Reconheço que ainda é emblemático ser a primeira mulher negra na bancada do ‘JN’", diz ela, que tem como referências nomes como Glória Maria, Heraldo Pereira, Zileide Silva, Flávia Oliveira, Dulcinéia Novaes, entre outros. "Espero que daqui pra frente se torne cada vez mais comum e a cor da pele de um profissional não seja destaque ou notícia”, completa.

Ao longo da semana, a jornalista conta que ficou muito feliz com a repercussão da notícia e que recebeu muitas mensagens. "Nem esperava tanto. Amigos, colegas e família ficaram muito felizes, pois sabem da minha trajetória, que já tem quase 20 anos”, diz a profissional.

Maju conta que fica honrada por fazer parte da bancada do ‘JN’ e que não sente o "peso" da responsabilidade, afinal, esta é uma das premissas do jornalismo profissional, independentemente da editoria ou do veículo. “Entrar para o plantão (do ‘JN’) foi uma decisão da direção da emissora, que deixou claro que minha trajetória até aqui me permitiu chegar a esse lugar”, explica .

Comentários