30 anos do Domingão: conheça Mary Joe Jackson, a fiel escudeira de Faustão

Em três décadas, animadora de plateia faltou a apenas um programa

Por Jessyca Damaso

Mary Joe Jackson é presença cativa há 30 anos no Domingão do Faustão
Mary Joe Jackson é presença cativa há 30 anos no Domingão do Faustão -

Rio - Em todo fim de tarde de domingo, famílias de vários cantos do Brasil se reúnem no sofá para acompanhar o "Domingão do Faustão". Para a doméstica Maria José Matos da Silva Gomes, é o contrário. Foi justamente no programa que ela encontrou uma família. Maranhense radicada no Rio de Janeiro, a Mary Joe Jackson, como é conhecida, é presença cativa há 30 anos na plateia da atração. Faça chuva ou faça sol, lá está ela, com um sorriso verdadeiro, espalhando alegria pelos corredores da TV Globo.

"Em 30 anos, faltei uma única vez, e porque eu dançava batendo muito com o joelho no chão. Aí, precisei operar", conta Mary Joe Jackson, de 57 anos.

Mary Joe Jackson é presença cativa há 30 anos no Domingão do Faustão - Arquivo Pessoal

A dedicação é parecida com a da amiga Kátia Lima, de 55, outra fã do "Domingão" cheia de histórias para contar desde a época do Teatro Fênix, onde eram produzidas as atrações da Globo nos anos 80.

"Saía de casa de madrugada pra pegar uma senha que distribuíam toda terça, até umas 8h30. Ficava na fila esperando trocar a senha pelo convite. Muitas vezes, ela acabava antes de eu chegar. Porque uma pessoa pegava pra três, quatro... Quem chegava atrasado ficava sem. Mas mesmo assim, eu ia no domingo, assistia ao programa pelo vidro e esperava o Faustão sair pra poder ter o prazer de vê-lo entrando no carro", relembra a auxiliar de enfermagem.

Da esquerda para direita: Guaraci Moura, Mara Lúcia Cesário, Faustão, Mary Joe e Katia Lima - Arquivo Pessoal

A simpatia e educação de Fausto Silva são unanimidades para as fãs. Mary Joe Jackson diz que conheceu o apresentador quando ele ainda ia gravar um programa-piloto do "Domingão": "Nos esbarramos no corredor e ele perguntou se eu estava perdida. A forma como ele falou comigo me fez querer acompanhá-lo".

Quem a vê vestida com a roupa do Michael Jackson animando a plateia não consegue perceber que ali, entre uma dancinha e outra, mora a timidez em pessoa: "O começo foi difícil, porque sempre fui muito envergonhada. O único momento em que meu jeito tímido vai embora é quando danço. Por isso, resolvi imitar o Michael Jackson dançando e me vestindo como ele", conta a animadora de plateia, que ganha cachê de R$ 110 por domingo.

Para Mary Joe, o sucesso do programa é trabalho em equipe: "Desde o diretor até o faxineiro. Todos estão unidos num só propósito, que é o de fazer o povo humilde um pouco mais feliz".

O fanatismo das amigas pelo apresentador é tão grande que no dia do aniversário dele — dia 2 de maio — elas se reúnem e fazem uma festa para homenageá-lo. "O Faustão merece todo o sucesso que tem. Seu coração é maior do que o corpo. Ele não enxerga cor, se a pessoa tem dinheiro ou não tem. Trata todo mundo igual. Ele olha a gente com o coração. Ele é diferente", diz Kátia.

As amigas fazem até festa em comemoração ao aniversário de Fausto Silva - Arquivo Pessoal

"Ele é como se fosse um paizão. Sei que ele gosta verdadeiramente de mim. Devo tudo a ele, pois foi através dele que sou reconhecida no mundo inteiro", completa Mary Joe que, apesar de vê-lo todos os domingos, revela um grande sonho: "Gostaria de jantar com o Faustão".

Amanhã, a ex-coordenadora de produção Lucimara Parisi homenageia Faustão

30 anos do Domingão: Faustão e Schiavon, amigos que se entendem por música

30 anos do Domingão: Adriana Colin e Talitha Morete agradecem ao mestre Faustão

Galeria de Fotos

Mary Joe Jackson é presença cativa há 30 anos no Domingão do Faustão Arquivo Pessoal
Mary Joe Jackson é presença cativa há 30 anos no Domingão do Faustão Arquivo Pessoal
Da esquerda para direita: Guaraci Moura, Mara Lúcia Cesário, Faustão, Mary Joe e Katia Lima Arquivo Pessoal
As amigas fazem até festa em comemoração ao aniversário de Fausto Silva Arquivo Pessoal
Mary Joe Jackson é presença cativa há 30 anos no Domingão do Faustão Arquivo Pessoal
Mary Joe Jackson é presença cativa há 30 anos no Domingão do Faustão Arquivo Pessoal