Casagrande reclama de gritos homofóbicos na partida entre Corinthians e São Paulo

'Desnecessário', disse o comentarista

Por O Dia

Casagrande se irrita com gritos homofóbicos da torcida do São Paulo
Casagrande se irrita com gritos homofóbicos da torcida do São Paulo -

Rio - Walter Casagrande se irritou com a gritos homofóbicos desferidos pela torcida tricolor ao final do primeiro jogo da final do Paulistão. Os torcedores do São Paulo gritavam contra o goleiro Cássio a cada tiro de meta disparado pelo alvinegro. 

"O jogo está sendo bem jogado, estádio lotado, não havia a necessidade de gritos homofóbicos da torcida quando o goleiro vai bater o tiro de meta. Não sei quando isso vai parar. É desagradável para todos, independentemente do gênero", disse Casão durante a transmissão da Globo. 

"Não tem graça nenhuma. Só merece ser lamentado", completou Cleber Machado. Caio Ribeiro, no entanto, disse que essa não é uma atitude exclusiva dos tricolores. "É sem graça, é desagradável, mas todas as torcidas fazem. Não é uma exclusividade do São Paulo", argumentou.

Comentários