Globo tem na gaveta projeto de remake de 'Pantanal', que faz 30 anos em 2020

Listamos algumas dicas de atores para reviverem os personagens da história

Por Gabriel Sobreira

Quais artistas assumiriam os principais papeis no remake de 'Pantanal'?
Quais artistas assumiriam os principais papeis no remake de 'Pantanal'? -
Rio - Há quase 30 anos, a Globo tinha uma dor de cabeça chamada 'Pantanal', que estreou em 1990, na faixa das 21h30, na extinta Manchete. A trama imediatamente fez sucesso com suas paisagens paradisíacas, cenas de mulheres se banhando nos rios e a mocinha se transformando em onça. Protagonizada por Cristiana Oliveira (Juma Marruá) e Marcos Winter (Jove), a trama de Benedito Ruy Barbosa ainda pode ganhar um remake na Globo. "Era isso que a gente pretendia fazer, mas o jeito de trabalhar do senhor Silvio Santos não deu", lamenta Benedito, referindo-se ao fato de que, em 2008, o SBT exibiu a reprise do folhetim.
Enquete: Quais artistas seriam os protagonistas no remake de 'Pantanal'?
Novela Pantanal, da Manchete - Reprodução Internet
FAZ DE CONTA
Mas e se fosse verdade? E se a Globo, que tem os direitos da obra desde 2006 e registrou o título provisório de 'Amor Pantaneiro' para uma nova versão, resolvesse tirar o projeto da gaveta e convocar seu elenco? Quem poderia viver Juma Marruá e Jove? Começamos o lance com dois nomes para o casal protagonista: Bruna Marquezine e Chay Suede.
Quanto à inesquecível Bruaca, a própria Ângela Leal, que viveu a submissa mulher de Tenório (Antônio Petrin), tem um palpite de quem poderia fazer a personagem que, cansada dos maus-tratos do marido, o abandona para ficar com o peão Alcides. "Acho que Adriana Esteves faria lindamente. Letícia Sabatella faria muito bem. E uma série de outras, não quero ser injusta. Tem muita gente nessa faixa de idade das duas que faria muito bem a Bruaca".
Para interpretar José Leôncio (Cláudio Marzo), criador de gado no Pantanal Mato-grossense, Marcus Viana, músico e autor da trilha de 'Pantanal', tem uma sugestão. "Acho que Antonio Fagundes faria um bom José Leôncio. 'Pantanal' foi a melhor novela da TV, bem melhor que 'O Clone' (Globo, 2001). Ainda hoje, em todos os meus shows, eu sou obrigado a tocar as músicas da novela o tempo inteiro", conta ele, com orgulho.
Na saga pantaneira, ainda tem Tadeu, que na versão original foi vivido por Marcos Palmeira. A nossa sugestão é Caio Castro. Na trama, ele é filho da empregada Filó, que foi interpretada por Jussara Freire, e que no nosso palpite pode ser vivida por Eliane Giardini.
Sérgio Reis, que deu vida ao Tibério, o violeiro e administrador de fazenda, diz que gostaria muito que o remake saísse do papel. "A Globo já tem um contrato assinado garantindo os direitos. Eu tinha ouvido falar na sinopse há muitos anos. Acho que vai ser essa 'Amor Pantaneiro'", diz. "Eu gostaria que o Léo (da dupla Victor & Leo) fizesse. Ele conhece o meu repertório e acho que tem tudo a ver com o personagem", indica o cantor.
Segundo Marcos Winter, o Jove, a possível nova versão teria que vir com o mesmo clima que o elenco da edição original atingiu. "'Pantanal' veio com a sabedoria do Jaiminho (o diretor Jayme Monjardim) e do Benedito (o autor Benedito Ruy Barbosa), que tiveram uma sacada incrível naquele tempo, trazendo um outro jeito de fazer televisão, com um novo tipo de texto, direção, luz", recorda o ator.
 
 

Benedito Ruy Barbosa reclama que SBT ainda não pagou por reprise de 'Pantanal'

Benedito Ruy Barbosa, autor de 'Pantanal' - Globo/João Miguel Junior
Rio - O novelista Benedito Ruy Barbosa, de 88 anos, está ansioso com a proximidade do aniversário de 30 anos de 'Pantanal'. No entanto, ele não esconde uma mágoa: em 2008, o SBT reprisou a novela sem sua autorização. "Pouco mais de um ou dois anos antes, eu tinha sentado com um diretor da Globo e já tinha vendido os direitos para o remake. Naturalmente, eu ia supervisionar a obra. Mas nesse ínterim, em 2008, o Silvio Santos, sem minha autorização e ninguém sabe como, conseguiu uma cópia de 'Pantanal' da massa falida da Manchete. E sem me pagar, exibiu a novela. Durante um ano, teve uma enorme audiência", lembra o autor.
NA JUSTIÇA
Não demorou muito para que o autor entrasse na Justiça. "O STJ (a Terceira Turma do Superior Tribunal de Justiça) me deu ganho absoluto e isso já faz três anos, e o Silvio Santos ainda não me pagou. Acho que vou morrer sem receber isso", resigna-se.
Benedito não entra em detalhes sobre o valor — na época, especulou-se que a bolada ultrapassava os R$ 100 milhões. "Só posso dizer que é um bom dinheiro (risos)", desconversa o novelista. "Ele (Silvio Santos) não vai pagar.
Procurado por O DIA, o SBT respondeu em nota que "existe processo contra a TVSBT ainda em andamento e não contra o Silvio Santos". E continua: "Tal processo discute apenas uma pequena indenização ao Benedito, pois ele não queria que a telenovela fosse reprisada, lembrando que ele não tinha como impedir tal reprise", termina o texto do comunicado.
Contratado da Globo, Benedito Ruy Barbosa está ciente de que os autores medalhões da emissora estão se revezando cada vez mais com os novos talentos. "A Globo deixou a meu critério. Se eu quiser escrever, escrevo. Ela não está me obrigando a escrever", frisa.
LEMBRANÇAS
Questionado sobre a importância de 'Pantanal', Benedito fala com orgulho de um de seus trabalhos mais memoráveis. "Foi a novela que mais me custou. Trabalhei 14, 15 horas por dia, fui ao Pantanal umas seis, sete vezes. Estudei tudo", recorda.
Ele conta que tinha em mente a realização de um sonho. "Que felizmente a Manchete pagou por ele. Ela me deu todas as condições para fazer (a novela). Sou eternamente grato e lamento muito que ela tenha falido", diz.
Sobre os boatos de que o custo da novela teria influenciado na quebra da emissora, Benedito é direto: "Não foi muito cara. O falecido dono da Manchete (Adolpho Bloch) me disse: 'Você me deu o maior lucro da história da TV'. Com 'Pantanal', a emissora faturou o que nunca tinha faturado. Brilhou intensamente. Era a única emissora que ganhava da Globo".
Após a exibição do folhetim, a Globo fez uma proposta para que Benedito voltasse. "Não posso dizer isso (que a Globo se arrependeu de não ter exibido 'Pantanal', uma vez que o dramaturgo tinha oferecido a sinopse antes para a emissora). Tanto que ela me trouxe de volta, não guardou raiva de mim, pelo contrário. Vivi um sonho e continuo vivendo", comemora.
 
 
 
 
 
 
 
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Galeria de Fotos

Quais artistas assumiriam os principais papeis no remake de 'Pantanal'? Reprodução Internet / Ag. News
Novela Pantanal, da Manchete Reprodução Internet

Comentários