Tadeu Schmidt e Poliana Abritta podem ter salários reduzidos

Globo deve renovar seu quadro de apresentadores de telejornal para se adequar a nova política salarial

Por O Dia

Tadeu Schimidt e Poliana Abritta devem ter seus salários reduzidos
Tadeu Schimidt e Poliana Abritta devem ter seus salários reduzidos -
Rio - O setor de jornalismo da Rede Globo deve ser o próximo a sofrer com as reduções de salários. De acordo com a coluna "Na Telinha", do "Uol", nos próximos dois anos a emissora pretende renovar seu quadro de apresentadores de telejornal para que eles se adequem a sua nova política salarial. 
Ainda de acordo com a coluna, jornalistas que exercem a função de apresentadores devem ganhar aproximadamente entre R$ 30 mil e R$ 50 mil, o que representa uma queda significativa para apresentadores como Poliana Abritta, Tadeu Schmidt e William Bonner. 
Os apresentadores do "Fantástico" ganham em torno de R$ 200 mil por mês. Já Bonner recebe R$ 600 mil de salário. O âncora do "Jornal Nacional" não teria seu salário reduzido para o novo teto estipulado pela emissora, mas ainda assim deve sofrer uma redução salarial.
Maju Coutinho, que vai substituir Poliana Abritta em suas férias do "Fantástico", já está dentro da nova regra salarial. Os valores serão negociados com os apresentadores conforme forem vencendo seus respectivos contratos. 
Nos últimos anos, vários jornalistas deixaram a emissora. É o caso de Carla Vilhena, Cristina Serra, Tonico Ferreira, Abel Neto, Denise Barbosa, Millena Machado, André Luiz Azevedo, Mariana Ferrão, Alexandre Garcia, Cris Dias e Ivan Moré.
Em nota, a Comunicação da Globo disse apenas "é simplesmente mentira".

Comentários