Tensão nos bastidores do 'Domingão' por causa das demissões

Bailarina do programa diz que dispensas acontecem sem maiores explicações. "Nunca falam pra gente o real motivo", diz

Por O Dia

Faustão: desligamento de 11 bailarinas sem dar explicação
Faustão: desligamento de 11 bailarinas sem dar explicação -
Rio - A semana começou tensa nos bastidores do 'Domingão do Faustão': 11 bailarinas foram desligadas do programa. As dispensas ocorreram justamente próximo do retorno de dois dos quadros mais populares da atração, o 'Ding Dong' e a 'Dança dos Famosos'. As informações foram dadas pelo colunista Chico Barney em sua coluna no UOL.
O motivo do desligamento de tantas bailarinas ainda não foi divulgado. Haveria uma lista com os nomes de todas elas circulando pela web, que não foi divulgada oficialmente. A comunicação da Globo, procurada pelo DIA, confirma que houve desligamentos, mas que "foi uma renovação do quadro de bailarinas. O 'Domingão do Faustão' faz essa renovação periodicamente, numa rotina que acontece desde a sua estreia". A emissora não forneceu os nomes das demitidas, nem disse se as 11 vagas seriam preenchidas.
O UOL também teria entrevistado duas bailarinas, cujos nomes permaneceram em sigilo. Ouviu delas que foi marcada uma reunião com cada uma das bailarinas, que foram demitidas juntas e em sequência, entrando e saindo de uma sala. "Foi um puta susto! Todo ano rola demissão, seja por tempo de casa, porque está fora do peso ou pela idade. É um saco e é horrível trabalhar tensa", desabafou uma delas.
Outra bailarina afirmou que basicamente são alegadas mudanças, sem maiores explicações. "Não tem um porquê de elas terem sido mandadas embora. Nós mesmas ficamos deduzindo. A gente acha que rola demissão por tempo de casa. Tem meninas demitidas que estavam há oito, nove anos. Outras com mais de 30 anos de idade. A gente fica deduzindo, mas nunca falam pra gente o real motivo", disse.
O DIA procurou 20 bailarinas e ex-bailarinas do Faustão para comentar as demissões e procurar saber os nomes das dispensadas. Kamilla Covas, bailarina demitida no fim de 2018, confirma que essas levas grandes de demitidas são comuns no 'Domingão do Faustão'. "Já foram dez, 12 meninas demitidas de uma vez", conta. "Quem trabalha lá tem que saber que nada é para sempre. Tem que aproveitar bastante, mas investir numa faculdade, num negócio próprio, num estúdio de dança".

Galeria de Fotos

Faustão: desligamento de 11 bailarinas sem dar explicação Reprodução / TV
Bailarinas do faustão 2019 Reprodução

Comentários