Marcos Palmeira, sobre 'A Dona do Pedaço': 'O Régis virou um santo de tão bonzinho. Quer enganar quem, rapaz?'

Ator aposta num final feliz para Amadeu e Maria da Paz (Juliana Paes). "Acredito na força dos dois", conta

Por RICARDO SCHOTT

Amadeu (Marcos Palmeiras) em A Dona do Pedaço
Amadeu (Marcos Palmeiras) em A Dona do Pedaço -

Em 'A Dona do Pedaço', após a tristeza da morte da mulher Gilda (Heloisa Jorge), Amadeu (Marcos Palmeira) voltou com tudo para reconquistar Maria da Paz (Juliana Paes), por quem sempre foi apaixonado. Só que ele tem um rival de peso: ninguém menos que Régis (Reynaldo Giannechini), ex-marido da boleira, que decidiu se regenerar (após passar a perna inúmeras vezes na amada) e também reconquistá-la.

Marcos confia no que o autor Walcyr Carrasco decidir. "Vemos respeitar o que ele vai trazer, e para onde ele atirar, a gente vai junto. Vou fazendo da melhor maneira possível", afirma o ator. Mas o intérprete de Amadeu torce pela volta do casal, separado desde a briga entre a família dele e a dela, durante o casamento dos dois (que acabou não acontecendo).

"O Amadeu é totalmente apaixonado pela Maria da Paz desde o começo da trama. Prefiro acreditar na força dos dois juntos, mas claro que a mudança do Régis tem um peso, né?", conta o ator. "De repente o Régis virou um santo de tão bonzinho. Quer enganar quem, rapaz?", brinca.

Marcos diz que o público cobra uma reação dele ao rival. "Porque o Amadeu é um cara de bom coração, né? Como está escrito na sinopse. Ele é o cara que foi estudar Direito pra fugir dessa briga de família (entre os Ramirez e os Matheus). Aí a mulher ficou doente, e ele teve um respeito enorme pela doença da Gilda, mesmo não a amando mais… Eu estou muito feliz, estou adorando fazer a novela. Eu mesmo, volta e meia, me pego dizendo: ‘Ah, não é possível que vai acontecer isso!’ Você fica fazendo aqueles comentários típicos de novela. Isso é muito legal", alegra-se.

Filha de verdade?

Amadeu ficou irado ao descobrir o verdadeiro caráter da filha Josiane (Agatha Moreira), quando soube de seu caso com Régis, marido de Maria da Paz. "Josiane não herdou nenhuma característica dos pais, ela tem outra personalidade. Para Amadeu perdoar a filha, o personagem precisaria ter uma mudança muito grande", diz.

Por isso mesmo, Marcos prefere apostar na possibilidade de a bondosa Joana (Bruna Hamú) ser mesmo filha do casal. A personagem ajudará Maria da Paz e ficará implícito que pode ter havido uma troca dos bebês na maternidade - e que Josiane não seria filha dos dois. "Mas, pra saber, só mesmo entrando na cabeça daquele maluco do Walcyr Carrasco… Vai ter tanta ideia assim, cada semana uma coisa diferente, sempre ganchos incríveis. Não para de acontecer coisas novas. Isso é novela, né? Estamos fazendo uma boa novela", alegra-se.

Amora

Em 'A Dona do Pedaço', Marcos Palmeira volta a trabalhar com a ex-mulher Amora Mautner, diretora da trama. É a primeira vez que o ex-casal trabalha junto após a separação.

"Já tinha sido dirigido por ela algumas vezes. Esse trabalho reflete naturalmente na nossa filha, Júlia, porque ela fica feliz de ver os pais trabalhando juntos, de ver a gente mais próximo. Amora é uma profissional criativa e competente, fico seguro trabalhando com ela e agradeço por ela ter me feito o convite", conta.

Maturidade

Com 56 anos e aparentando bem menos, Marcos Palmeira engordou dez quilos para fazer o segurança Augustão na série 'O Canto da Sereia'. Manteve o peso para fazer o bicheiro Boca de Ouro no filme de mesmo nome, baseado na obra de Nelson Rodrigues e dirigido por Daniel Filho. E também para personagens nos filmes 'Cidade do Medo', do Caio Cobra, e 'O Barulho do Medo', da Eva Pereira. Recentemente, deu uma emagrecida e voltou à forma.

"Ter um corpo um pouco maior me ajudou nesses personagens", conta. "Acho que uma bênção que a maturidade me trouxe foi o tempo. Ele sempre ajuda. A melhor opção da vida é envelhecer. Se a gente puder amadurecer tendo um corpo saudável e que se movimenta, se alonga, isso é importante".

Fazenda

Defensor da alimentação orgânica e dono da empresa Vale das Palmeiras, Marcos Palmeira divide sua vida entre duas carreiras, a de ator e a de produtor orgânico. "Tenho mais tempo do que imaginei e menos tempo do que gostaria. A novela toma um pouco mais de tempo mas volta e meia fujo para a fazenda", conta ele, insatisfeito com o projeto ecológico do presidente Jair Bolsonaro. "A diferença é que a cortina de fumaça acabou e o inimigo já está estabelecido. Precisamos de um outro olhar para a questão da Amazônia. Temos um ministro do Meio Ambiente que não sabe quem foi Chico Mendes e isso é bem simbólico".

Peão

Ano que vem, comemoram-se 30 anos da novela 'Pantanal', marco televisivo escrito por Benedito Ruy Barbosa e levado ao ar pela Rede Manchete em 1990. E na qual Palmeira atuou, fazendo o peão Tadeu. Até hoje o ator tem as melhores lembranças da trama. E recorda que, no começo, causou certa desconfiança no diretor Jayme Monjardim.

"Ele falava: 'Pô, como é que você, com esse sotaque carioca, vai conseguir fazer esse personagem?'. E depois recebi os maiores elogios. Tinha gente perguntando: 'Quem é esse peão que interpreta tão bem?'", brinca. "Sempre reencontro pessoas queridas dessa época: Angelo Antonio, Paulo Gorgulho. E valeria a pena mostrar mais esse lado tão rico do Brasil", afirma.

(colaborou Leonardo Rocha)

Galeria de Fotos

Amadeu (Marcos Palmeiras) em A Dona do Pedaço Reprodução/TV Globo
Régis ( Reynaldo Gianecchini ) diz pra Maria da Paz ( Juliana Paes ) que vai ao cassino para se divertir. Amadeu ( Marcos Palmeira ) com eles. Globo/Paulo Belote
Amadeu (Marcos Palmeiras) e Maria da Paz (Juliana Paes) em A Dona do Pedaço Cesar Alves/TV Globo
Casamento de Amadeu (Marcos Palmeira) e Gilda (Heloísa Jorge) Casamento de Amadeu ( Marcos Palmeira ) e Gilda ( Heloísa Jorge ) Caption
. .
Amadeu (Marcos Palmeira) e Maria da Paz (Juliana Paes) Globo/João Miguel Júnior

Comentários