Fantástico perde quase metade da audiência em 20 anos, aponta site

Segundo o Notícias da TV, considerando a porcentagem de televisores ligados, o ano de 2019 foi o pior da história do Fantástico, que estreou na tela da Globo em 1973

Por Istoé

Apresentadores do 'Fantástico', Tadeu Schmitt e Poliana Abritta
Apresentadores do 'Fantástico', Tadeu Schmitt e Poliana Abritta -

Rio - Apesar de ainda ser um dos programas de maior audiência da televisão brasileira aos domingos, o Fantástico não tem mais o ibope que tinha antigamente. De acordo com informações do Notícias da TV, a revista eletrônica perdeu quase metade de seu público desde 2000.

No fim do século 20, por exemplo, o programa, que atualmente é apresentado por Tadeu Schmitt e Poliana Abritta chegava a marcar 34,3 pontos de média no Ibope, enquanto que nos dias de hoje tem apresentado média de 19,3, rendendo uma queda de 43,7%.

Ainda segundo o Notícias da TV, considerando a porcentagem de televisores ligados, o ano de 2019 foi o pior da história do Fantástico, que estreou na tela da Globo em 1973. No horário da atração, 29,7% da audiência sintonizou na Globo, enquanto que em 2000 essa marca era de 49,2%.

 

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários