Mara Maravilha é criticada por comentários que fez sobre moradores de áreas afetadas pelas chuvas de SP

Lívia Andrade rebateu as declarações de Mara no 'Fofocalizando'

Por O Dia

Mara Maravilha e Lívia Andrade discutem no 'Fofocalizando'
Mara Maravilha e Lívia Andrade discutem no 'Fofocalizando' -
Rio - As declarações de Mara Maravilha no "Fofocalizando", exibido pelo SBT, nesta segunda-feira deixaram os internautas e telespectadores revoltados. O programa mudou sua programação e fez uma cobertura sobre as fortes chuvas que atingiram São Paulo. Ao ver imagens de moradores em situações de risco, Mara afirmou que eles deveriam sair dessas regiões. "Vão esperar a morte?", perguntou.
Em outro momento, Mara contou que conheceu uma pessoa que morava em um "prédio torto". "O povo brigando porque não queria sair do prédio. Também tem essa situação, as vezes a autoridade vai lá e fala: 'vocês precisam sair, não podem continuar morando aí, tem risco, tem perigo'. Mas as pessoas insistem em ficar", disse Mara. 
Gabriel Cartolano rebateu, indignado, as declarações de Mara. "Falam 'você precisa sair daí'. Tá, e eu vou pra onde? Eles não dão nenhuma solução", retrucou. Os outros apresentadores do programa lembraram que algumas dessas pessoas não têm nem o que comer. 
Mara insistiu que os moradores precisam "parar de teimosia". "Óbvio que eles não estão ali porque querem, mas não pode ter teimosia. Tem gente que é teimosa, sabe que não pode estar ali, mas não quer sair, não leva a sério. Depois, quando se restabelece, a pessoa vai continuar ali, pro ano que vem ser pior ainda. Aí falam: 'Vai pra onde?'. Olha, filho, se apega com Deus que você vai achar um lugar. Deus não vai te desamparar", declarou Mara.
"Quem vem construir um sonho aqui vai se afogar"
A apresentadora ainda insistiu que as pessoas deveriam procurar outros lugares para morar e deixar São Paulo. "Continuo falando, gente, se programem. Acabou de ter um filho, a família está aumentando, muda de vida, vai para um lugar mais tranquilo, procura parente. As vezes você acha que, por estar em São Paulo, vai progredir, mas muitas vezes quem mora em um sitiozinho pacato vai ter mais segurança. Quem vem construir um sonho aqui vai se afogar", disse Mara Maravilha.
Lívia Andrade rebateu os comentários de Mara e lembrou que as pessoas estão tentando proteger os únicos bens que possuem. "É muito fácil falar quando está tudo bem na sua casa, quando está tudo sequinho. É muito difícil você ralar a vida inteira para ter aquele pouquinho e ver sua casa sendo invadida pela água. Você tenta salvar o pouco que tem. Por isso que as pessoas não abandonam suas casas, porque tudo que elas têm na vida está ali dentro. É muito fácil falar para quem está numa posição segura hoje", disse Lívia. 
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários