'Gênesis': vem aí a trama mais ambiciosa da Record

Novela bíblica já teria cerca de 150 atores contratados e se dividirá em muitas fases

Por O Dia

Cássia Linhares e Oscar Magrini
Cássia Linhares e Oscar Magrini -

Rio - A próxima (e ambiciosa) novela bíblica da Record, 'Gênesis', estreia em abril. Até o começo de fevereiro, a novela já tinha cerca de 150 atores contratados, incluindo crianças convidadas para interpretar a infância de alguns personagens durante poucos capítulos. No começo de fevereiro, o diretor-geral Edgard Miranda havia terminado de gravar a primeira fase, com locações no Rio Grande do Sul e no Paraná.

Dentre os nomes confirmados mais recentemente, as atrizes Cássia Linhares e Rafaela Sampaio vão interpretar a personagem Naamá, esposa de Noé (interpretado em fases diferentes por Oscar Magrini e Bruno Guedes).

Naamá é uma mulher empoderada que se encanta por Noé numa época em que a esposa era uma propriedade do marido, e escolhe fugir com ele, quando seu noivo é escorraçado da cidade pelo seu pai.

Modificações

O projeto passou por mudanças. Emilio Boechat havia entregue as três primeiras fases: Céu (Adão e Eva e Caim e Abel), Torre de Babel e Noé e o Dilúvio. Até que foi trocado por Camilo Pellegrini, que escreve Abraão/Sodoma e Gomorra e Isaac e Rebecca.

O site 'Notícias da TV' afirma que a troca de autores já estava prevista por causa da magnitude da novela, e que já estavam definidas as roteiristas das sexta (Jacó) e sétima (José do Egito) fases, respectivamente Stephanie Mendes e Raphaela Castro. A supervisão de texto está sendo feita por Cristiane Cardoso, filha do dono da emissora, Edir Macedo.

Mais nomes

Outros artistas que já estão no elenco são Zé Carlos Machado (Abraão), Adriana Garambone (Sarai), Guilherme Berenguer (Isaac), Carlo Porto (Adão), Juliana Boller (Eva), Raphael Sander (Anjo Gabriel), Flavio Galvão (voz de Deus), André Bankoff (José do Egito), Antonia Morais (Azenate), Caio Manhente (Abel), Eduardo Speroni (Caim), Emilio Orciollo Neto (Ló), Igor Rickli (Lúcifer) e Fernando Pavão (Faraó Sheshi).

 

Comentários