Jornalista Rafael Coimbra pede demissão do Grupo Globo após 23 anos

Ele começou a trabalhar na empresa como estagiário, em 1997

Por O Dia

Rafael Coimbra deixa a Globo após 23 anos
Rafael Coimbra deixa a Globo após 23 anos -
Rio - O jornalista Rafael Coimbra pediu demissão do Grupo Globo nesta terça-feira após 23 anos na empresa. Ele era o comentarista de tecnologia do Estúdio i, da Globo News. "Essa bagagem e minha sede por inovação me levam, agora, a buscar outros projetos com visão ampliada. Em breve, novidades", escreveu Rafael, que começou na Globo como estagiário, em 1997.
"A minha veia acadêmica, professor que sou de marketing digital da FGV [Fundação Getúlio Vargas], fortaleceu a minha atuação na busca da verdade e dos corretos fundamentos que embasam as notícias. Nesse contexto, pude exercer, nos últimos quatro anos, a função de comentarista do Estúdio i, não apenas em temas relacionados à inovação e à tecnologia, minhas predileções, mas, também, em política e economia, áreas em que igualmente me especializei", disse.
Além do Estúdio i, Rafael Coimbra também estava no Hub Globonews, que é um programa de inovação produzido para o site de jornalismo da Globo. "Em todos esses anos, também dediquei-me, com responsabilidade, ao telespectador, apresentando jornais e o Hub Globonews, que veio a se tornar, também, um podcast de sucesso", finalizou.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários