Repórter Pedro Rocha, filho de Fernando Rocha, está com coronavírus

Globo confirma 13 jornalistas infectados

Por O Dia

Pedro Rocha, filho de Fernando Rocha, foi diagnosticado com o novo coronavírus
Pedro Rocha, filho de Fernando Rocha, foi diagnosticado com o novo coronavírus -
Rio - A Globo conta com 13 jornalistas infectados pelo novo coronavírus. Em nota enviada pela equipe de Comunicação da empresa ao DIA, a Globo confirmou que 19 profissionais com os sintomas testaram negativo para o novo coronavírus, mas 13 jornalistas testaram positivo para a covid-19, a maioria no Rio de Janeiro. 
"Destes 13, dois são assintomáticos; oito têm um quadro leve da doença e estão em casa; e três apresentam um quadro moderado e estão internados. Estão bem e a evolução dos três têm sido positiva. Os casos se distribuem assim: 1 caso em Brasília, 1 em Minas Gerais, 3 em São Paulo e 8 no Rio de Janeiro", disse a assessoria de imprensa da emissora através de comunicado. 
A Globo não informa o nome dos jornalistas infectados e orienta os profissionais a não postarem informações pessoas nas redes no período de quarentena. 
O repórter Pedro Rocha, filho de Fernando Rocha, no entanto, testou positivo para o novo coronavírus e teve o diagnóstico confirmado pelo pai. "Hoje, logo cedo, eu tive a informação de que meu filho, Pedro Rocha, também testou positivo para o coronavírus. O Pedro mora em Belo Horizonte, trabalha na Globo Minas, e mora com meu pai e com minha mãe em um apartamento que, felizmente, tem espaço para todo mundo. Minha mãe vai fazer o teste de novo. Todos passam bem, têm sintomas leves", disse Fernando.
Pedro Rocha trabalha no Esporte mas foi emprestado para o noticiário sobre o novo coronavírus.
Confira a nota da Rede Globo na íntegra: 
"Até o momento, tivemos 19 profissionais que testaram negativo para o COVID-19 e 13 que testaram positivo. Destes 13, dois são assintomáticos; oito têm um quadro leve da doença e estão em casa; e três apresentam um quadro moderado e estão internados. Estão bem e a evolução dos três têm sido positiva. Os casos se distribuem assim: 1 caso em Brasília, 1 em Minas Gerais, 3 em São Paulo e 8 no Rio de Janeiro.

Tomamos todas as providências necessárias, como o afastamento preventivo de contatos próximos, mantemos o distanciamento entre os postos de trabalho, as medidas de higiene das mãos e dos equipamentos, e agora o uso de máscaras que são utilizadas por todos (exceto nas chamadas).

Estamos dando apoio a todos e seguimos com a nossa missão de levar informação à população, prestando um serviço público fundamental, já que informação é, até aqui, o único remédio comprovado que ajuda a conter a pandemia."

Comentários