Record pede moratória de 90 dias para pagar dívidas trabalhistas

Emissora afirma que a pandemia do novo coronavírus prejudicou suas receitas da empresa

Por ESTADÃO CONTEÚDO

Emissora é de Edir Macedo
Emissora é de Edir Macedo -
São Paulo - A Record TV pediu um adiamento de 90 dias no pagamento de suas dívidas trabalhistas, em ação protocolada na Justiça do Trabalho, em São Paulo. A emissora afirma que a moratória de três meses nos pagamentos foi solicitada por causa da pandemia do novo coronavírus (covid-10), que prejudicou suas receitas.
De propriedade de Edir Macedo, bispo da Igreja Universal do Reino de Deus, a companhia vem perdendo audiência nos últimos anos, atualmente alternando-se em segundo e terceiro lugares na audiência com o SBT.
Há cerca de uma década, a emissora tinha a intenção de rivalizar com a líder TV Globo, mas as ambições não se materializaram.

Comentários