Repórter da Record descobre câncer e passa por cirurgia: 'Meus dias estavam contados'

Um dermatologista que o seguia nas redes sociais viu as sardas de seu corpo, em uma foto no Instagram, e o chamou para uma consulta

Por O Dia

Tom Bueno
Tom Bueno -
O jornalista Tom Bueno, repórter da Record, descobriu um câncer após uma consulta com uma dermatologista, que identificou duas pintas com características cancerígenas em seu pescoço. O repórter recebeu o laudo na quinta-feira, confirmando o câncer. 
Em entrevista ao site Notícias da TV, ele afirmou que estava mal e escapou da morte. "Meus dias estavam contados", disse. "Recebi um livramento. Eu tô dentro das estatísticas de câncer agora. Foi um susto, mas um alívio muito maior. Não sei nem quem agradecer. O médico, o universo, Deus...".
Um dermatologista que o seguia nas redes sociais viu as sardas de seu corpo, em uma foto no Instagram, e o chamou para uma consulta. Ele foi à consulta em 13 de março, e o médico logo reparou em uma pinta entre o pescoço e o ombro, no lado direito. "Na hora, ele viu que essa pinta era feia e tinha um formato estranho. Me perguntou se podia removê-la do meu corpo naquele momento e mandar para biópsia, e eu autorizei", contou. 
"Ele me disse que a gente conseguiu remover a pinta a tempo, mas, se eu tivesse demorado um pouquinho mais, ela teria atingido uma camada de vasos sanguíneos e invadido todo o corpo, dando metástase", disse o repórter. "Era um melanoma, responsável por 75% das mortes provocadas por câncer. Embora fosse cutâneo, o médico me disse que este é o câncer mais letal", contou Tom Bueno.
Após saber o resultado, Tom gravou um vídeo no Instagram desabafando e agradecendo pelo cuidado do médico. Ele também afirmou que sentia medo de fazer o procedimento, pois ele é diabético

Galeria de Fotos

Tom Bueno Reprodução / Facebook
Repórter da Record passou por cirurgia após descobrir câncer Reprodução / Instagram

Comentários