'Cidade Alerta' investiga polêmica de canal 'Bel para Meninas'

Apresentador Luiz Bacci repercutiu acusações de espectadores

Por IG Gente

Cidade Alerta investiga Bel para Meninas
Cidade Alerta investiga Bel para Meninas -
O caso do canal "Bel para Meninas" ganhou grande repercussão no Twitter nesta segunda-feira (18) e segue dando o que falar. Segundo muitos internautas, a youtuber, chamada Isabel, estaria sendo pressionada pela mãe, Fran, a continuar produzindo conteúdos para o seu canal no YouTube, que existe desde meados de 2015 e que tem mais de 7 milhões de inscritos. Nesta terça-feira (19), o programa "Cidade Alerta" entrou na polêmica.

Através da hashtag #SalvemBelParaMeninas , vários usuários contaram o que pensavam sobre o caso. A menina, hoje uma pré-adolescente de 13 anos, estaria sendo obrigada a seguir gravando vídeos infantis, segundo teorias que surgiram nas redes. A mãe de Bel se manifestou no Instagram, dizendo: "Enquanto algumas pessoas espalham o ódio gratuito nós seguimos acreditando na família e no amor. Que nossa felicidade chegue ao coração de vocês". Logo depois, Fran bloqueou os comentários em todas as postagens na rede.

No Twitter, vários internautas pediram ajuda de alguns famosos. O apresentador do "Cidade Alerta", Luiz Bacci , da Record , rapidamente se comoveu pelo caso. No Instagram, Bacci disse: “Estou recebendo milhares de mensagens aqui e no face denunciando atitudes do perfil @fran_bel_nina_oficial! Alguem sabe me explicar concretamente o que esta acontecendo e como posso ajudar?”, disse.

No programa "Cidade Alerta" desta terça-feira, o apresentador deu espaço para a história que tanto repercutiu na web. "Quando há uma manifestação no Twitter (...), em 99%, são manifestações importantes e que carecem de uma resposta", disse Bacci.
O assunto ainda está sendo bastante repercutido na internet, onde é possível achar várias threads sobre o assunto com a hashtag "SalveBelParaMeninas". O nome da garota, inclusive, segue sendo um dos mais citados no Twitter.

Comentários