Quebrou o silêncio! Adriana Araújo fala sobre saída do 'Jornal da Record' e cita discordâncias

Jornalista ficou mais de dez anos na bancada do principal telejornal da Record

Por iG

Adriana Araújo fala sobre a saída do 'Jornal da Record'
Adriana Araújo fala sobre a saída do 'Jornal da Record' -

São Paulo - Foi sem maiores explicações que Adriana Araújo deixou a bancada do "Jornal da Record". A jornalista contou que vai trabalhar no "Repórter Record Investigação", entretanto, não deu maiores explicações sobre o porquê da mudança. Ela apenas citou discordâncias ao postar um vídeo no Instagram quebrando o siliencio sobre a saída do principal telejornal da emissora.

"Despedidas são importantes para a gente fechar um ciclo bem e começar outro com boas energias", Adriana Araújo começou dizendo. Ela contou que visitou a equipe do "Jornal Record" para se despedir de todos e disse que após a quantidade de mensagens que recebeu do público, achou respeitoso compartilhar um pouco desse momento que está vivendo com os seguidores. 

A jornalista disse que está sentindo a necessidade de fechar um ciclo e começar novas fases na vida. "Tem gente que fala 'foi tirada, foi rebaixada' e eu, de verdade, não enxergo assim. Isso já aconteceu em várias vezes da minha trajetória na TV", relembrou a profissional que ficou por 14 anos no "Jornal da Record" e antes disso trabalhou em diferentes programas jornalísticos da Globo.

"Eu nunca vou achar que ser repórter é rebaixamento, porque para mim essa é a essência da profissão do jornalista. E pela minha alma de repórter, exatamente por ela, que eu enxergo o fim de um ciclo, como apresentadora do 'Jornal da Record', e o começo de um novo caminho. O que a gente precisa ter é a clareza do caminho", argumentou Adriana. 

A funcionária da Record ainda disse que é grata pela oportunidade que teve de trabalhar no telejornal e deixou no ar que houve desentendimentos nos bastidores. "Uma discordância momentânea não pode apagar o brilho de tanta coisa que eu vivi e construí ali", Adriana Araújo concluiu.

Comentários