Rede Globo deve usar efeitos especiais para beijos em novelas durante pandemia

As gravações de 'Salve-se Quem Puder' e 'Amor de Mãe' voltam no dia 3 de agosto

Por iG

Lilia Cabral e Dalton Vigh se beijam em Fina Estampa; cenas como essa serão feitas por computador
Lilia Cabral e Dalton Vigh se beijam em Fina Estampa; cenas como essa serão feitas por computador -

São Paulo - Com a retomada das gravações das novelas "Salve-se Quem Puder" e "Amor de Mãe" confirmada para o dia 3 de agosto, a Globo anuncia que vai utilizar efeitos visuais para fazer acontecer cenas de beijos e abraços nas novelas durante a pandemia do novo coronavírus.

Durante entrevista para o UOL, Uno de Oliveira, supervisor de efeitos da emissora e responsável técnico e artístico pelos produtos de teledramaturgia, comenta sobre as mudanças.

"A gente está estudando todas as possibilidades para ajudar a viabilizar as novelas. A gente vai trabalhar com coisas muito simples, como um beijo, um toque, mas isso não é simples de fazer. Tem que ser um efeito invisível, as pessoas não podem perceber que é um efeito gráfico", diz Oliveira.

A Globo investe bastante em efeitos visuais nas tramas, mesmo antes da pandemia. No começo de "Salve-se Quem Puder", foram produzidas em seus estúdios cenas de perseguição durante um furacão devastador em Cancún, no México, misturando muita computação gráfica, para fazer acontecer a cena.

Com o novo protocolo de segurança da emissora por conta do coronavírus, as gravações externas também estão canceladas. "Estamos estudando formas de trazer as externas para dentro do estúdio. Uma solução é mandar uma equipe pequena à praia para gravar a base. A mesma coisa com carros, vamos ter que trazê-los para os estúdios", explicou ao UOL.

Enquanto isso, a Globo reprisa a novela "Fina Estampa", que tem elevado os índices de audiência do horário em relação a "Amor de Mãe". 

Comentários