Walcyr Carrasco comenta recusa de Marina Ruy Barbosa em cortar cabelo: 'Jeito foi matar o personagem'

Autor contou que a ruiva havia concordado verbalmente com a mudança de visual e depois desistiu

Por O Dia

Marina Ruy Barbosa voltou atrás na decisão de raspar seus longos cabelos ruivos
Marina Ruy Barbosa voltou atrás na decisão de raspar seus longos cabelos ruivos -
Rio - Walcyr Carrasco relembrou um momento polêmico em sua carreira em live com a revista "Caras". O autor contou que ficou chateado com a atriz Marina Ruy Barbosa depois que ela se recusou a cortar o cabelo para seu papel na novela "Amor à Vida".

Galeria de Fotos

Walcyr Carrasco Ag. News
Eliza (Marina Ruy Barbosa) Globo/Paulo Belote
Marina Ruy Barbosa Reprodução Instagram
Marina Ruy Barbosa Reprodução Instagram
Marina Ruy Barbosa. Reprodução do Instagram Reprodução do Instagram
Marina Ruy Barbosa vai à festa de Elton John após Oscar Divulgação/ Christy Barley
Marina Ruy Barbosa vai à festa de Elton John após Oscar Divulgação/ Christy Barley
Marina Ruy Barbosa Reprodução Internet
Marina Ruy Barbosa Reprodução Internet
Marina Ruy Barbosa curte virada do ano em Trancoso Reprodução Internet
Marina Ruy Barbosa curte virada do ano em Trancoso Reprodução Internet
Marina Ruy Barbosa curte virada do ano em Trancoso Reprodução Internet
Marina Ruy Barbosa Reprodução Internet
Marina Ruy Barbosa voltou atrás na decisão de raspar seus longos cabelos ruivos Reprodução/Instagram
Marina Ruy Barbosa reprodução Instagram
Marina Ruy Barbosa Reprodução Instagram
Walcyr Carrasco Reprodução da internet
. divulgação
"Quando ela aceitou o papel, ela tinha combinado que cortaria o cabelo. Tinha combinado verbalmente que cortaria quando aceitou o papel. Ela foi fazer o papel e a história foi chegando. Ela não avisou com tanta antecedência que não ia cortar. Se ela tivesse, a certa altura, avisado com muita antecedência, eu teria sabido orientar a história para outro lugar", iniciou Aguinaldo. 
"Mas quando ela disse, veja bem em escrevo sempre 20 a 30 capítulos à frente. Na minha história o personagem já estava à beira da morte. Não tinha mais jeito, eu teria que desfazer toda história já escrita e não é que 'o Walcyr ficou com preguiça'. Isso envolve a produção da novela, que já preparou o cenário, já chamou os atores", completou. 
O autor afirmou, então, que não teve outra alternativa a não ser matar o personagem. "Aí não tinha jeito, a não ser matar o personagem dela", garantiu. "O público hoje é muito informado. Todo mundo sabe que o câncer nesse nível, pela descrição que eu tinha dado, o tratamento quimioterápico teria acabado com o cabelo. Se eu não cortasse ia ser um jogo duro, todo mundo ia ficar falando, não ia ficar verossímil", explicou.
"Em cinco dias tive que mudar toda a história. Se tivessem me preparado um mês antes, existe um time de peruca americana, que é uma peruca que parece que a pessoa está sem cabelo. Então, teria dado para encomendar esse material".
O autor revelou que ficou chateado com a atriz na época, mas que trabalharia com ela novamente. "Na época, fiquei chateado, mas isso não quer dizer que não considero a Marina uma boa atriz, além de muito bonita. E não quer dizer que não trabalharia com ela de novo, desde que as coisas fossem todas conversadas antes. A Marina tem feito papéis que funcionam muito bem no ar".

Comentários