Justiça Federal suspende cobrança extra dos Correios no Rio

Liminar foi pedida pelo Procon-RJ que considera a taxa extra abusiva

Por O Dia

Taxa extra foi alvo de muitas críticas
Taxa extra foi alvo de muitas críticas -

Rio de Janeiro - O juiz Firly Nascimento Filho, da 5ª Vara Federal do Rio de Janeiro, concedeu liminar pedida pelo Procon Estadual para suspender a cobrança extra de R$ 3 dos Correios para entregar encomendas na cidade do Rio de Janeiro. Os Correios ainda podem recorrer da sentença.

Como a decisão é em caráter liminar, a devolução em dobro dos valores já pagos a título de cobrança extra, outro tema abordado pela ação civil pública do Procon Estadual, ainda será analisado pela Justiça Federal.

Na ação, o Procon Estadual argumenta que o valor extra é abusivo e repassa o custo da atividade econômica dos Correios aos consumidores sem fundamentação legal e critérios objetivos, uma vez que os R$ 3 serão cobrados para entregas de encomendas em qualquer região da cidade, mesmo as que não estão em áreas de risco. Além disso, a quantia adicional discrimina os moradores da cidade do Rio. 

Em nota, os Correios disseram que não foram notificados da decisão pela Justiça Federal. "Assim que receber a documentação, a empresa irá analisar e responder ao órgão", afirmaram.

 

Galeria de Fotos

Taxa extra foi alvo de muitas críticas Divulgação
28/09/2017 - AGÊNCIA DE NOTîCIA - PARCEIRO - Movimentação de funcionários na sede dos Correios na Cidade Nova, região central do Rio. A categoria está em greve, a paralisação é parcial Paulo Carneiro/Parceiro/Agência O Dia

Comentários

Últimas de Economia