Mais Lidas

Fila para feira de empregos dá a volta em quarteirão do Rio

Trabalhadores começaram a se aglomerar na noite desta terça para evento que vai acontecer nesta quarta

Por Raimundo Aquino

Trabalhadores em fila de emprego no Rio
Trabalhadores em fila de emprego no Rio -

Rio - Trabalhadores que estão em busca de uma oportunidade no mercado de trabalho fizeram uma enorme fila na madrugada desta quarta-feira, em Bangu, na Zona Oeste da cidade. A aglomeração foi no entorno do Bangu Atlético Clube, onde acontece o Feirão do Emprego, organizado pela Prefeitura. Mesmo programado para começar somente às 9h, as pessoas começaram a se reunir ainda na noite de terça para tentar pegar uma das 3 mil senhas que serão distribuídas.

O eletricista Cláudio de Almeida Ribeiro, de 46 anos, foi um dos que madrugaram e se espantou com a quantidade de gente. "Já tinha mais de mil pessoas. A fila estava dando voltas no quarteirão", disse o homem, que chegou ao local por volta de 2h.

Morador do Jardim Maravilha, em Guaratiba, Cláudio vai completar um ano fora do mercado de trabalho nesta quinta. Seu último emprego foi no canteiro de uma obra em Campo Grande. "Desde então tenho corrido atrás. Até alguma coisa em serviços gerais eu procuro, mas não tenho conseguido porque estão pedindo experiência", lamenta.

O eletricista conta que, nesse um ano de desempregado, os amigos têm lhe ajudado e que costuma fazer alguns bicos cortando grama. Ele ainda enfrenta outro problema que é o atraso da pensão da única filha, de 16 anos. "Minha ex me envia mensagem cobrando e diz que vai mandar me prender. Mas digo que não posso ajudar. A única forma de conseguir dinheiro agora é roubando e isso não vou fazer".

Apesar de fazer questão de chegar cedo na fila do feirão, Cláudio se vê desanimado com as oportunidades que verá logo mais. "Tem muito jovem por aqui e hoje em dia, no Brasil, dão muita chances às pessoas mais novas e o velho ficam para trás. O velho não precisa trabalhar e comer, né?", ironiza.

Mais de 20 empresas

O Feirão do Emprego no Bangu Atlético Clube é o primeiro do ano organizado pela prefeitura. O evento começa às 9h e vai até às 12h. São esperadas mais de 20 empresas no local. Elas vão receber currículos e irão cadastrar os trabalhadores para os seus bancos de vagas. Caso um candidato tenha perfil para uma oportunidade disponível na hora, ele será encaminhado diretamente para processos de seleção.

A estimativa é que sejam oferecidas mais de mil vagas de trabalho, além de cerca de 100 vagas para pessoas portadoras de deficiência (PCD).

Durante o evento, a Secretaria Municipal de Desenvolvimento, Emprego e Inovação (SMDEI) irá cadastrar currículos no Sistema Nacional de Emprego (Sine). Os participantes que tiverem perfil profissional compatível com as vagas disponíveis no Sine já sairão com cartas de encaminhamento para entrevistas. Os demais serão cadastrados no sistema e serão avisados pela equipe da SMDEI quando abrirem vagas para as suas especialidades.

Palestras

O Centro de Integração Empresa Escola (CIEE) também estará presente no feirão com oportunidades de Jovem Aprendiz e estágio de nível superior.

A Catho terá um stand em que vai dar pequenas palestras e dicas de comportamento em entrevistas de emprego, elaboração de currículo e realizar orientações profissionais.

Para candidatar-se às vagas, os trabalhadores deverão levar identidade, CPF e Carteira de Trabalho. Quem puder, deve levar também um currículo atualizado, com a descrição da escolaridade e experiência profissional, para deixar no stand das empresas que estarão presentes.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Galeria de Fotos

Trabalhadores em fila de emprego no Rio Reprodução / Facebook
Trabalhadores em fila de emprego no Rio Reprodução / Facebook