NA PROCURADORIA

a

Por

O procurador-geral, Marcelo Lopes, ressaltou a atuação da PGE na linha defendida por Witzel. Segundo Lopes, haverá uma equipe "com vistas a aplicações de sanções a empresas". Ele garantiu que haverá uma atenção especial no âmbito da dívida ativa, cujo trabalho já vinha sendo elaborado pelo órgão. "Vamos adotar uma postura pela consensualidade", indicou.

 

Comentários

Últimas de Economia