Embalagens foram banidas por se assemelharem à explosivos - Divulgação
Embalagens foram banidas por se assemelharem à explosivosDivulgação
Por ISTOÉ ECONOMIA

Internacional - A Administração para a Segurança dos Transportes dos Estados Unidos (TSA, na sigla em inglês) proibiu o embarque de garrafas estilizadas da Coca-Cola vendidas no parque de Star Wars por elas se assemelharem a explosivos. Em uma conta no Twitter, as autoridades afirmaram que os produtos não poderiam ser levados mesmo sem as tampas.

“Mesmo com uma tampa de garrafa normal, este item ainda é considerado uma réplica e não é permitido em bagagem de mão ou bagagem despachada”, afirmou. “Se nossos oficiais descobrirem um item de réplica durante a triagem e acreditarem que é real, o item será tratado como tal até que seja informado de outra forma pela polícia”.

A Disney e a Coca-Cola firmaram parceria para a venda de uma série exclusiva de embalagens dentro do parque Star Wars: Galaxy’s Edge, que estréia nesta quinta-feira (29) em Orlando. As garrafas personalizadas incluirão a Coca-Cola, Coca Zero, Sprite e Dasani. As embalagens terão um formato arredondado, semelhante ao formato de um droid da saga interplanetária. Os rótulos terão impressão de gastos e rasgados e terão grafia em Aurebesh, uma das línguas fictícias usadas nos filmes.

 

Você pode gostar
Comentários