Secretaria de Fazenda combate fraudes fiscais na Região dos Lagos e no Norte Fluminense

Operação Pés Descalços fiscalizou lojas em São Pedro d'Aldeia, Cabo Frio, Araruama, Macaé e Rio das Ostras

Por O Dia

A Secretaria de Estado de Fazenda do Rio (Sefaz-RJ) realizou, nesta quinta-feira (05/12) a Operação Pés Descalços, para combater fraudes fiscais no ramo varejista de calçados e materiais esportivos. Foram fiscalizadas lojas de uma rede que, apesar de pertencerem ao mesmo sócio, têm CNPJs diferentes. Com isso, elas conseguem driblar o limite máximo de faturamento para enquadramento no Simples Nacional, mesmo tendo uma receita superior.

O trabalho contou com a participação dos Auditores Fiscais da Auditoria Fiscal Regional de Cabo Frio. As lojas fiscalizadas ficam nas cidades de São Pedro d'Aldeia, Cabo Frio, Araruama e Rio das Ostras, na Região dos Lagos; e Macaé, no Norte Fluminense. Os contribuintes já tiveram suas Inscrições Estaduais impedidas preventivamente. Em seguida, as mesmas serão canceladas.

“Além da ilegalidade em si, empresas que burlam a lei para aderir ao Simples Nacional concorrem de maneira desleal com as demais porque pagam menos imposto mas têm um faturamento que não dá o direito a este benefício”, afirmou o Superintendente de Fiscalização da Sefaz-RJ, Rodrigo Aguieiras.

A Operação Pés Descalços é a 52ª realizada este ano pela Sefaz-RJ para combater a sonegação fiscal e promove a educação fiscal entre os contribuintes.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários