Bolsonaro afirma que Brasil está adiantado para entrar na OCDE

Ontem, a embaixada dos EUA divulgou nota com pedido de prioridade ao país

Por O Dia

Após nota do governo dos EUA, Bolsonaro celebrou solicitação
Após nota do governo dos EUA, Bolsonaro celebrou solicitação -

Após o pedido dos Estados Unidos à entrada do Brasil na Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), o presidente Jair Bolsonaro afirmou que o país está bastante adiantado para cumprir os requisitos para o ingresso na organização. 

"São mais de 100 requisitos para ser aceito. Estamos bastante adiantados, inclusive na frente da Argentina. E as vantagens do Brasil são muitas, que equivalem ao nosso país entrar na primeira divisão", disse Bolsonaro. 

Ontem, a embaixada norte-americana em Brasília publicou nota com o pedido de acesso à organização. No texto, o governo dos Estados Unidos afirma que o Brasil ganhe prioridade na fila de países que tentam entrar como membros, e que é uma evolução natural do compromisso feito pelo secretário de Estado norte-americano, Mike Pompeo, e pelo presidente Donald Trump, em 2019. O governo brasileiro comemorou a formalização do apoio.

Entretanto, o secretário de Estado enviou um documento ao secretário-geral da OCDE, Angel Gurria, com apoio à entrada da Argentina e da Romênia na organização.

A OCDE, grupo com 36 países e maioria da Europa e América do Norte, reúne as nações mais industrializadas do mundo e estabelece parâmetros conjuntos de regras econômicas e legislativas para os seus membros.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários