Mulher que acusa Neymar teria provas de que atacante foi agressivo em encontro

Suposta vítima diz que brasileiro estava visivelmente alterado no dia em que se encontrou com o atacante

Por O Dia

Neymar
Neymar -
Rio - A investigação sobre um suposto estupro envolvendo o atacante Neymar pode ter atualizações em breve. De acordo com o portal "UOL", a mulher que acusa o craque teria imagens e documentos mostram o jogador agindo de forma agressiva antes do momento do suposto estupro.
No B.O feito pela mulher, a suposta vítima diz que Neymar estava visivelmente alterado no dia em que se encontrou com o atacante dia 15 de maio, em um hotel de Paris, e teria tido relações sexuais com o jogador sem seu consentimento. Algumas imagens já teriam sido entregues para a Polícia.


Na madrugada do último domingo, Neymar publicou um vídeo com pouco mais de sete minutos em seu IGTV, do Instagram, e garantiu ser inocente. “Estou sendo acusado de estupro. É uma palavra forte, mas é o que está acontecendo no momento. Fui pego de surpresa e foi muito ruim; triste escutar isso. Quem me conhece sabe do meu caráter e índole. Sabe que jamais faria uma coisa desse tipo”, disse o brasileiro no vídeo que já foi retirado de seu perfil.

No vídeo, Neymar expõe toda a troca de mensagens com a mulher, incluindo o convite para levá-la a Paris e ambos combinando um segundo encontro mesmo após a data em que a mulher afirma ter sido estuprada pelo jogador. Por isso, além da acusação de estupro, o brasileiro agora também será investigado ter divulgado fotos íntimas ao expor a conversa.


Comentários