Técnico da seleção brasileira, Tite fala sobre o caso Neymar

Treinador prefere não opinar sobre suposto caso de estupro e vazamento de conversa íntima: : 'não vou me permitir julgar'

Por O Dia

Tite
Tite -
Rio - O técnico Tite preferiu deixar de lado a polêmica sobre o suposto caso de estupro de Neymar e as conversas íntimas divulgadas pelo jogador, que está concentrado na Granja Comary, em Teresópolis, para a disputa da Copa América. O comandante da Seleção, em entrevista coletiva, disse não querer opinar sobre o episódio.
"O Neymar é um extraordinário jogador de futebol. Comigo, nas minhas relações com ele particulares, essa relação foi sempre transparente, leal. Outras situações, eu não vou me permitir julgar. Não vou pré-julgar nada. Isso eu não faço", esquivou-se Tite. "Eu não posso ser comentarista. Eu tenho uma série de responsabilidades, uma série de energias para gastar naquilo que é essencial, que é a preparação da equipe. Entendo que vocês têm a busca de informações para as pessoas julgarem, mas quero que entendam que o foco é a preparação no Catar", completou o treinador.
No domingo, uma viatura da Polícia Civil esteve na Granja Comary para buscar mais informações com Neymar. O coordenador de Seleções, Edu Gaspar, disse que buscou assessoria jurídica para não atrapalhar a comissão técnica com o caso.
"Devido a importância do caso, a primeira coisa que eu fiz foi buscar uma assessoria jurídica. Recebemos um delegado, passamos as informações necessárias. Informei ao pai do atleta que a assessoria jurídica está aqui. Isso é pra que a gente possa resolver o caso o mais rápido possível pra que o atleta possa estar tranquilo para a Copa América".

Comentários