Mulheres são confundidas com acusadora de Neymar na Web e decidem procurar a Justiça

Semelhança de influenciadoras digitais com Najila Trindade tem gerado confusão com internautas e veículos de imprensa

Por O Dia

Mariana Castilho e Sara Hardel têm sido confundidas com Najila
Mariana Castilho e Sara Hardel têm sido confundidas com Najila -
Rio - A acusação de estupro feita por Najila Trindade contra o atacante Neymar tem gerado dor de cabeça para duas influenciadoras digitais. Mariana Castilho e Sara Hardel estão sendo confundidas com a modelo nas redes sociais e se viram obrigadas a recorrer à Justiça.

Galeria de Fotos

Mariana Castilho e Sara Hardel estão sendo confundidas com Najila Reprodução
Mariana Castilho e Sara Hardel estão sendo confundidas com Najila Reprodução
Mariana Castilho e Sara Hardel estão sendo confundidas com Najila Reprodução
Mariana Castilho e Sara Hardel estão sendo confundidas com Najila Reprodução
Mariana Castilho e Sara Hardel estão sendo confundidas com Najila Reprodução
Mariana Castilho e Sara Hardel têm sido confundidas com Najila Reprodução
"Em pleno 2019, e as pessoas não evoluíram ainda e atacam as outras de forma totalmente gratuita. Já estou em contato com os advogados e as medidas vão ser tomadas. Isso não se faz! Jornais não procuram nem saber a veracidade das coisas. Fazem tudo a troco de mídia e views! Não se preocupam com os sentimentos de ninguém", escreveu Mariana em sua página no Instagram, que ainda revelou estar no México no último dia 15, quando teria ocorrido o suposto estupro.
A confusão com Sara Hardel foi tão grande que ela chegou a ter sua foto associada à Najila em sites internacionais.
"Eu não sou a tal garota que fez a denúncia de estupro. Eu não uso Sara Hardel como nome artístico para me esconder. Esse é o meu nome. E, pela milésima vez, estou vindo aqui falar isso. Vocês têm noção que estão usando minha imagem em sites internacionais? Conseguem entender a dimensão que um "só compartilhar" pode se tornar? Eu já abri B.O. Estou com advogados e foi aberta uma investigação. Aconselho vocês, que pegam a imagem de qualquer pessoa e criam conteúdo, a tirarem dois minutos para pesquisarem a verdade", declarou Sara.

Comentários