Pai de Neymar arranca câmera de fotógrafo em embarque após corte da seleção brasileira

Jogador sofreu lesão no tornozelo e não vai participar da Copa América

Por O Dia

Neymar ao lado do pai, em Paris
Neymar ao lado do pai, em Paris -
Rio - Mais uma polêmica envolvendo Neymar e sua família se deu nesta quinta-feira. O pai do jogador causou uma pequena confusão quando o atacante deixava Brasília em um jatinho particular após ser cortado da seleção brasileira na Copa América. O pai do camisa 10 da seleção brasileira arrancou a câmera das mãos de um fotógrafo, da agência Reuters, que registrava o craque de muletas. Após arrancar o equipamento do fotógrafo, o pai do jogador não teria danificado a câmera.

Cortado da seleção brasileira, Neymar deixou na manhã desta quinta-feira o hotel em Brasília onde a delegação ficou concentrada. Com capuz para esconder o rosto, o craque saiu dentro de uma van pela parte dos fundos do hotel. Durante o amistoso da noite da última quarta-feira, contra o Catar, o jogador se machucou e um exame constatou rompimento do ligamento do tornozelo direito.

Antes de ser cortado, ele já tinha recebido a liberação por parte da comissão técnica para prestar depoimento nesta sexta-feira, no Rio, como parte da investigação da Polícia Civil para apurar a divulgação de imagens íntimas da mulher que acusa o jogador de estupro.


Comentários