Em transição, Arthur responde bem aos testes

Volante se distancia do corte, mas não jogará a estreia na Copa América

Por O Dia

Arthur ficou mais distante da possibilidade de corte da Copa América. O volante do Barcelona fez ontem testes físicos no campo do Pacaembu e chegou a ter contato com bola, em chutes e lançamentos mais longos. No entanto, apesar de positiva, a resposta dele aos testes não garante a sua presença na estreia brasileira no torneio, amanhã, contra a Bolívia, no Morumbi.

Hoje, ele será reavaliado e poderá treinar com o grupo. "Arthur teve trauma importante na região do joelho direito. Teve muita dor e limitação na função. Por isso não treinou nos últimos dias, ficou em tratamento, mas respondeu muito bem", afirmou o médico Rodrigo Lasmar. "Hoje (ontem), ele iniciou trabalho físico, a transição da fisioterapia para o treino normal. Evoluiu bem, respondeu bem", completou.

Para a estreia na Copa América, Allan ou Fernandinho deve substituir Arthur, que era titular da Seleção, mas sentiu o joelho direito em dura entrada de Quioto, da seleção de Honduras, domingo, em Porto Alegre. No amistoso, Allan, do Napoli, entrou em seu lugar.

FINAL EM TOULON

Com gols dos atacantes Paulinho, do Bayer Leverkusen, e Matheus Cunha, do RB Leipzig, a seleção brasileira pré-olímpica venceu a Irlanda sub-21 por 2 a 0, ontem, no Estádio Lattre de Tassigny, em Aubagne, pela semifinal do Torneio de Toulon, na França. O Brasil vai enfrentar na decisão, sábado, às 11h (de Brasília), o Japão.

Comentários