Por
Publicado 18/01/2018 23:09 | Atualizado há 3 anos

Brasília - A última edição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) teve mais de 309 mil dos 4,7 milhões de candidatos com nota zero na redação (6,5% do total), apesar de menos alunos terem realizado a prova em relação a 2016. Já o total de redações que obtiveram nota máxima (mil) recuou dos 77 verificados em 2016 para apenas 53 em 2017.

De acordo com os dados divulgados ontem pelo Ministério da Educação, o aumento de alunos que zeraram a redação foi de 542%, cujo tema foi os 'Desafios para a formação educacional de surdos no Brasil'.

Entretanto, houve melhora na proficiência dos estudantes na prova de redação. A nota média subiu de 541,9 para 558 em 2017, na comparação com o ano anterior.

Direitos humanos

No total, 205 candidatos desrespeitaram os direitos humanos no Enem. Uma decisão do STF garantiu que esse tipo de prova não seria anulada. Na prática, o aluno só perdeu pontos.

Também houve melhora em outras duas competências testadas no exame. Em Matemática, a nota média passou de 489,5 para 518,5. Já em Ciências da Natureza, o resultado médio ficou em 510 no ano passado, frente à média 477 registrada em 2016.

A abertura do Sisu vai ser antecipada para o período de 23 a 26 de janeiro.

Você pode gostar
Comentários