Por

Brasília - Desorientação do piloto por conta da gravidade na curva e condições meteorológicas adversas foram os dois principais fatores para o acidente que provocou a morte do ministro do Supremo Tribunal Federal Teori Zavascki e mais quatro pessoas, em 19 de janeiro do ano passado, em Paraty.

Segundo o Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos, não houve qualquer indício de sabotagem da aeronave, como chegou a ser levantado anteriormente. Em casos de indício de crime, o Cenipa interrompe a investigação e repassa as informações à PF.

 

Você pode gostar
Comentários