Coluna Esplanada: Seguro residencial

Ministro das Cidades decidiu combater a invasão de residências do programa ‘Minha Casa, Minha Vida’

Por felipe.martins , felipe.martins

Brasília - O ministro das Cidades, Bruno Araújo, decidiu combater a invasão de residências do programa ‘Minha Casa, Minha Vida’, em especial no Rio de Janeiro e região metropolitana – são dezenas de registros. Em reunião na quinta-feira com o padre Pedro Stephen, representante de refugiados cariocas em Brasília, o ministro avisou que “se eu não resolver isso, não mereço estar nessa cadeira”. Há cinco famílias escondidas no Entorno de Brasília ameaçadas de morte por milícia do Rio, como denunciou a Coluna.

Fé no discurso

O próprio padre Pedro é um dos ameaçados. O religioso botou fé no ministro, embora Bruno não tenha explicado o seu plano. A Polícia Civil do Rio monitora a situação.

De perto

A partir de semana que vem o ministro do Esporte, Leonardo Picciani, passa a despachar do escritório da pasta na Zona Sul do Rio até o fim dos Jogos.

Saiu do script

A equipe de media training de Eduardo Cunha o orientou a ser firme nas palavras, não a chorar. Daí surgiram comentários de que, sim, ele realmente se emocionou.

Novo Hub

Os Correios terão um novo hub no Nordeste para distribuir encomendas para a região, o Norte e o Centro-Oeste. A estatal e a Inframerica (que também controla o aeroporto de Brasília), assinam parceria dia 1º de Agosto para a instalação de um Centro Internacional da estatal no terminal de São Gonçalo do Amarante (RN).

Pra todo gosto

Virou farra a disputa para presidente tampão da Câmara. São mais de 10 candidatos. Serraglio (PMDB-PR) será o candidato de Eduardo Cunha. E Pinato (PRB-SP), o carrasco do ex-presidente no Conselho de Ética, distribui folder pela moralidade.

Balela..

Na falta de coisa melhor, virou moda entre os governadores anunciar a realização de concursos públicos. O primeiro a entrar na onda foi o governador do DF, Rodrigo Rollemberg (PSB). Depois foi Flávio Dino, do PCdoB do Maranhão.

.. e estelionato

O problema é que depois do concurso a grande maioria não é chamada para a posse, porque não há dinheiro no planejamento do caixa. Isso se chama estelionato.

Autofagia

A briga está feia entre servidores do INSS e médicos peritos. As acusações são mútuas. Os peritos são acusados de X-9 do Governo interino de Michel Temer.

Modelos

Três medidas provisórias sobre a reforma da Previdência Social serão encaminhadas pelo Planalto ao Congresso. Haverá mais rigidez em todos os sentidos e é provável que a Funppresp administre também os planos de saúde dos servidores estaduais e municipais. Mas na Funppresp, as finanças da entidade estão em estado de miséria.

Quem manda

Partiu da “patroa” a autorização para que o primeiro-secretário da Câmara, Beto Mansur (PRB-SP), lance sua candidatura à presidência da Casa. “Eu acho que consultar a patroa é sempre importante. Disse que se tenho vontade, que seja”, confidenciou.

Vingança

Auto-intitulados de “juristas pela Legalidade e pela Democracia”, advogados simpatizantes da presidente afastada Dilma Rousseff preparam uma enxurrada de ações ao STF com pedido de anulação da votação do impeachment na Câmara.

Pretexto

Assim como o advogado da petista, José Eduardo Cardozo, vão usar como argumento a carta de renúncia do ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), à qual, avaliam, comprova a tese de que o impeachment nasceu da vingança do peemedebista.

Ponto Final

“A única coisa que é típica no Maranhão (Waldir) é a atipicidade. É uma biruta de aeroporto que fica virando de um lado para o outro sem saber o que quer.” Do deputado Carlos Marun (PMDB-MS)


Coluna de Leandro Mazzini

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia