Ex-BBB Laércio vai ser processado por estupro de vulnerável

Durante sua passagem pela TV, ele se envolveu em diversas polêmicas, inclusive por ter deixar claro gosto por menores

Por clarissa.sardenberg

Rio - Após ser preso em maio, o ex-BBB Laércio se tornou réu no processo de estupro de vulnerável. A Justiça do Paraná aceitou a denúncia feita pelo Ministério Público e o caso, por envolver menores de idade, corre em segredo de justiça.

Laércio foi preso no dia 16 de maio em Curitiba, por acusações de estupro e fornecimento de bebidas alcoólicas a adolescentes. Segundo as investigações, o crime ocorreu em 2012. Atualmente, ele está detido no Centro de Custódia de Curitiba, onde deve ficar até o fim das investigações.

Laércio está detido no Centro de Custódia de CuritibaDivulgação

Ex-BBB Laércio é preso em Curitiba por estupro de vulnerável

Desafeta de Laércio, Ana Paula se diz surpresa com prisão de ex-BBB

Durante sua participação no "BBB 16", Laércio entrou em conflito com a participante Ana Paula Renault, que não gostou de vê-lo dormindo só de cueca em um quarto compartilhado com mulheres. Ana Paula também reclamava do jeito que Laércio olhava para Munik e Maria Claudia, as participantes mais novas do reality show. Ela também chegou a acusá-lo de pedofilia por ter duas namoradas, uma de 17 e outra de 19 anos. 

Nas redes sociais, histórias de Laércio vieram à tona enquanto ele ainda estava confinado. Uma das acusações na web seria a de que o designer de tatuagens teria embriagado uma menina de 16 anos para levá-la para a cama. O ex-BBB também curtia páginas de armas, supremacia racial e de uma adolescente de 12 anos, participante do "MasterChef Junior".

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia