Cadela que encontrou corpo de turista morta no RJ atua em Brumadinho - Reprodução Facebook
Cadela que encontrou corpo de turista morta no RJ atua em BrumadinhoReprodução Facebook
Por O Dia

Rio - A cadela que encontrou o corpo da turista catarinense Fabiane Fernandes, de 30 anos — morta durante uma trilha em Arraial do Cabo (RJ) — foi enviada para participar das buscas por vítimas do rompimento da barragem em Brumadinho (MG). 

O cachorro da raça golden se chama Toya e chegou na sexta-feira na cidade mineira. Além do animal, o Grupamento de Operações com Cães (GOC) de Arraial do Cabo também participam das operações em Brumadinho. 

De acordo com balanço mais recente divulgado pela Defesa Civil de Minas Gerais, no total, 121 pessoas morreram, outras 226 continuam desaparecidas e 395 pessoas foram localizadas pelas equipes de salvamento.   

Segundo informações da corporação, a maioria dos corpos das vítimas já foi liberada pelo IML para sepultamento ou cremação. Somente 11 corpos de vítimas ainda permanecem no local, aguardando retirada por parte de parentes: Alexis Cesar Jesus Costa, Claudio Marcio dos Santos, Dennis Augusto da Silva, Izabela Barroso Camara, Lenilda Cavalcante Andrade, Leonardo Pires de Souza, Letícia Mara Anizio de Almeida, Lourival Dias da Rocha, Lucio Rodrigues Mendanha, Rodney Sander Paulino Oliveira e Sebastião Divino Santana. 

 

Você pode gostar
Comentários