'Estamos chorando e vamos chorar muito ainda', diz apresentador da Band

Apresentadores da BandNews se emocionam ao vivo ao cobrirem ao vivo a morte do âncora Ricardo Boechat

Por O Dia

Ricardo Boechat morreu em queda de helicóptero nesta segunda-feira
Ricardo Boechat morreu em queda de helicóptero nesta segunda-feira -

São Paulo - Os jornalistas Sheila Magalhães, editora-executiva da Band, a apresentadora Carla Bigato e o apresentador Eduardo Barão, que compartilhavam o microfone pela manhã com Ricardo Boechat fizeram uma transmissão emocionada da morte do colega na tarde desta segunda-feira. O jornalista estava no helicóptero que caiu no início da tarde na Rodovia Anhanguera, em São Paulo

A emissora saiu do ar após confirmar a morte do âncora. A frequência 90,3 FM no dial carioca transmitiu, inicialmente, apenas a vinheta e em seguida, a gravação da cobertura da morte do jornalista. A programação voltou ao vivo às 15h.  

11/02/2019 - AGÊNCIA DE NOTÍCIAS - PARCEIRO - Um Helicóptero colidiu com a frente de um caminhão e acabou explodindo, causando a morte de 02 pessoas, na rodovia Anhanguera, km 22, altura do Jaraguá, zona oeste de São Paulo, na tarde desta segunda-feira, 11. Um dos mortos, foi identificado como sendo o jornalista Ricardo Boechat, do Grupo Bandeirantes. Foto: Paulo Guereta/Parceiro/Agência O Dia - Paulo Guereta/Parceiro/Agência O Dia

"Tudo o que vocês imaginam, que ele era no ar, ele era muito mais fora do ar. Brincava com todo mundo. Ninguém nunca imagina isso (que a tragédia pudesse acontecer). O cara tava aqui hoje de manhã, iria pra Campinas, aqui do lado", desabafou Eduardo Barão.  

Datena chora ao anunciar morte de Ricardo Boechat na Band

A jornalista Carla Bigato fez a entrevista com o Corpo de Bombeiros sobre a queda do helicóptero, sem saber que o colega estava na aeronave. Enquanto a apresentadora estava ao vivo, durante o acidente, a diretora-executiva Sheila Magalhães e Eduardo Barão a poupavam da apuração nos bastidores, enquanto a 'angústia crescia'. "É com profunda tristeza que informamos que nosso âncora estava a bordo do helicóptero", anunciou Sheila Magalhães às 12h45. 

Na foto, a jornalista Thais Dias chorando ao falar da morte do colega de trabalho em est - Daniel Castelo Branco

Ricardo Boechat apresentou o seu programa matinal na emissora e viajou a bordo de um helicóptero por volta de 11h50 da manhã. Ele estava a caminho de um evento de um laboratório farmacêutico, onde faria uma palestra, em Campinas, e retornaria ao Grupo Bandeirantes por volta de 12h15.

"Eu estava ao vivo na BandNews. A gente sabia que tinha alguém dentro do helicóptero, que era um piloto e um passageiro, mas jamais poderíamos imaginar que o Boechat estava lá", disse Carla Bigato. "Perplexos, conferíamos os prefixos do helicóptero, torcendo para que os números não batessem, mas batiam", lamentou.

Incrédulos, os jornalistas contaram que ficaram em negação, se perguntando se era mesmo o Boechat que estava entre as vítimas. "A gente ficou se questionando: É verdade mesmo? Será que ele não resolveu ir de carro de última hora?". Eduardo Barão contou que, mais cedo, o âncora perguntava se Campinas ficava longe da capital paulista. "Falamos que ficava pertinho, uma hora de carro", disse o jornalista. 

Funcion - Daniel Castelo Branco / Ag

Ao final da cobertura, uma das apresentadoras anunciou que a rádio sairia do ar. "Peço licença aos ouvintes, porque é impossível não ser como o Boechat nos ensinou a ser. É uma tragédia, é um fato jornalístico, mas muito próximo da gente. Temos a sensação de estar perdendo um familiar. Nós, neste momento, precisamos de um tempo pra gente. Por isso, momentaneamente a Rádio BandNews FM estará fora do ar", anunciou.

Ainda não há informações sobre velório ou enterro.

Galeria de Fotos

Ricardo Boechat morreu em queda de helicóptero nesta segunda-feira Reprodução de TV
Um helicóptero colidiu com a frente de um caminhão e explodiu, causando a morte do piloto e do jornalista Ricardo Boechat, que estava na aeronave que caiu na Rodovia Anhanguera, em São Paulo Paulo Guereta/Parceiro/Agência O Dia
Um helicóptero colidiu com a frente de um caminhão e explodiu, causando a morte do piloto e do jornalista Ricardo Boechat, que estava na aeronave que caiu na Rodovia Anhanguera, em São Paulo Paulo Guereta/Parceiro/Agência O Dia
11/02/2019 - AGÊNCIA DE NOTÍCIAS - PARCEIRO - Um Helicóptero colidiu com a frente de um caminhão e acabou explodindo, causando a morte de 02 pessoas, na rodovia Anhanguera, km 22, altura do Jaraguá, zona oeste de São Paulo, na tarde desta segunda-feira, 11. Um dos mortos, foi identificado como sendo o jornalista Ricardo Boechat, do Grupo Bandeirantes. Foto: Paulo Guereta/Parceiro/Agencia O Dia Paulo Guereta/Parceiro/Agência O Dia
Um helicóptero colidiu com a frente de um caminhão e explodiu, causando a morte do piloto e do jornalista Ricardo Boechat, que estava na aeronave que caiu na Rodovia Anhanguera, em São Paulo Paulo Guereta/Parceiro/Agência O Dia
Um helicóptero colidiu com a frente de um caminhão e explodiu, causando a morte do piloto e do jornalista Ricardo Boechat, que estava na aeronave que caiu na Rodovia Anhanguera, em São Paulo Paulo Guereta/Parceiro/Agência O Dia
11/02/2019 - AGÊNCIA DE NOTÍCIAS - PARCEIRO - Um Helicóptero colidiu com a frente de um caminhão e acabou explodindo, causando a morte de 02 pessoas, na rodovia Anhanguera, km 22, altura do Jaraguá, zona oeste de São Paulo, na tarde desta segunda-feira, 11. Um dos mortos, foi identificado como sendo o jornalista Ricardo Boechat, do Grupo Bandeirantes. Foto: Paulo Guereta/Parceiro/Agencia O Dia Paulo Guereta/Parceiro/Agência O Dia
Um helicóptero colidiu com a frente de um caminhão e explodiu, causando a morte do piloto e do jornalista Ricardo Boechat, que estava na aeronave que caiu na Rodovia Anhanguera, em São Paulo Paulo Guereta/Parceiro/Agência O Dia
11/02/2019 - AGÊNCIA DE NOTÍCIAS - PARCEIRO - Um Helicóptero colidiu com a frente de um caminhão e acabou explodindo, causando a morte de 02 pessoas, na rodovia Anhanguera, km 22, altura do Jaraguá, zona oeste de São Paulo, na tarde desta segunda-feira, 11. Um dos mortos, foi identificado como sendo o jornalista Ricardo Boechat, do Grupo Bandeirantes. Foto: Paulo Guereta/Parceiro/Agencia O Dia Paulo Guereta/Parceiro/Agência O Dia
A jornalista Thais Dias chora ao falar da morte do colega de trabalho, no estúdio da Band News em Botafogo, na Zona Sul Daniel Castelo Branco
Na foto, a jornalista Thais Dias chorando ao falar da morte do colega de trabalho em estúdio da Band News, em Botafogo, Zona Sul do Rio Daniel Castelo Branco
Funcionários deixaram flores em estúdio da Band News Daniel Castelo Branco / Agência O Dia

Comentários