Carlos Bolsonaro chama Bebianno de mentiroso e publica áudio do presidente

Ministro da Secretaria-Geral da Presidência negou estar sofrendo pressão interna do PSL e foi chamado de mentiroso por filho do presidente em rede social

Por O Dia

Jair Bolsonaro e Gustavo Bebianno: ministro nega estar sofrendo pressão interna do partido após a repercussão de uma notícia sobre o financiamento de candidaturas laranjas durante a campanha
Jair Bolsonaro e Gustavo Bebianno: ministro nega estar sofrendo pressão interna do partido após a repercussão de uma notícia sobre o financiamento de candidaturas laranjas durante a campanha -

Rio - O vereador Carlos Bolsonaro (PSL-RJ), filho do presidente da República, desmentiu o ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gustavo Bebianno, em uma publicação no Twitter nesta quarta-feira. "É uma mentira absoluta de Gustavo Bebbiano que ontem teria falado 3 vezes com Jair Bolsonaro", afirmou ele.

Bebianno, que presidiu o PSL durante a campanha eleitoral de Jair Bolsonaro, afirmou ao jornal "O Globo" que conversou três vezes com o presidente na terça-feira. O ministro negou estar sofrendo pressão interna após a repercussão de uma publicação da "Folha de S. Paulo", denunciando candidaturas laranjas financiadas pelo então presidente do partido. 

No Twitter, Carlos Bolsonaro disse ter ficado o dia todo ao lado do pai: "Mentira absoluta", concluiu. Em seguida, o vereador divulgou um áudio de Jair Bolsonaro. "Não há roupa suja a ser lavada! Apenas a verdade", escreveu ele, ao publicar o áudio em que o presidente afirma que não vai falar com Bebianno, nem com ninguém. "Gustavo, está complicado conversar ainda, então não vou falar com ninguém, a não ser estritamente o essencial", disse o presidente.

Ainda na terça-feira, Bolsonaro participou de uma conversa com o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, e o presidente do STF, Dias Toffoli. O presidente recebeu alta médica do Hospital Albert Einstein às 12h20 desta quarta-feira.

Comentários