Lula vela neto em São Bernardo

Arthur, de sete anos, morreu de meningite meningocócica, nesta sexta-feira

Por O Dia

Lula acompanha velório do neto, Arthur, que morreu, nesta sexta-feira, de meningite
Lula acompanha velório do neto, Arthur, que morreu, nesta sexta-feira, de meningite -

São Paulo - O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi liberado pela PF e acompanha, em São Bernardo do Campo, São Paulo, o velório do neto, Arthur Lula da Silva. A criança, de 7 anos, morreu nesta sexta-feira, de meningite meningocócica. Lula deixou a carceragem da Polícia Federal (PF) em Curitiba, no Paraná, escoltado por 26 agentes e dois delegados. Ele viajou em um avião do governo do estado e chegou por volta das 11 horas deste sábado, ao cemitério Jardim da Colina, onde o menino é velado.

O ex-presidente está preso desde 7 de abril do ano passado pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso do triplex do Guarujá (SP). A pena é de 12 anos e um mês de prisão.

Em janeiro, Lula pediu autorização para sair da prisão e comparecer ao velório do irmão, Genival Inácio da Silva, conhecido como Vavá, que morreu em decorrência de câncer no pulmão. No entanto, o pedido foi negado pela juíza federal Carolina Lebbos.

A decisão foi confirmada pelo desembargador federal Leandro Paulsen, do TRF4, mas o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, aceitou recurso da defesa e autorizou a saída de Lula. A liminar foi proferida cerca de 30 minutos antes do sepultamento do corpo e Lula não foi ao enterro.

Com informações do Estadão Conteúdo e Agência Brasil

Comentários