Em live, Bolsonaro sugere que pais rasguem páginas sobre educação sexual de caderneta

Presidente disse ainda que discutiu o assunto com o ministro da Saúde, Luiz Mandetta, e decidiu que a Caderneta de Saúde da Adolescente fosse reformulada

Por O Dia

Em live, Bolsonaro sugere que pais rasguem páginas sobre educação sexual de Caderneta
Em live, Bolsonaro sugere que pais rasguem páginas sobre educação sexual de Caderneta -

Brasília - O presidente Jair Bolsonaro afirmou, nesta quinta-feira, durante uma transmissão ao vivo, que vai reformular a Caderneta de Saúde da Adolescente, divulgada pelo Ministério da Saúde, por considerar suas ilustrações inadequadas. Bolsonaro ainda sugeriu que os pais rasguem as páginas dedicadas a educação sexual.

"Então, é uma sugestão. Quem tiver a cartilha em casa, dá uma olhada porque vai estar na mão dos seus filhos, e, se você achar que é o caso, tira essas páginas que tratam desse tipo de assunto", disse o presidente, ao lado dos generais Otávio Rêgo Barros, porta-voz do governo, e Augusto Heleno, chefe do Gabinete de Segurança Institucional.

A Caderneta de Saúde da Adolescente tem ilustrações sobre como usar a camisinha masculina, desde a abertura de sua embalagem ao modo como deve colocá-la e, depois da relação sexual, retirá-la do pênis. Na live, Bolsonaro mostra para a câmera uma página com desenho de uma vulva, cujo texto fala de higiene íntima.

Jair ainda destacou que a caderneta foi feita durante o governo Dilma e impressa em grande quantidade. "São 40 páginas, tem muitas informações boas, precisas, mas o final dela fica complicado, no meu entendimento. Se você, pai ou mãe, achar que não, é direito teu".

Por fim, o presidente disse que discutiu o assunto com o ministro da Saúde, Luiz Mandetta, e decidiu que a cartilha fosse reformulada. "Expus o problema e então a solução, a decisão que ele tomou: vai fazer uma nova cartilha, com menos páginas, mais barata, sem essas figuras aqui no final e vamos rapidamente distribuir, recolher essas anteriores".

Comentários