No Twitter, Bolsonaro nega demissão de Vélez

Deputados pediram a renúncia do ministro da Educação nesta quarta-feira

Por MH

Imagens e o tuíte sobre 'golden shower' viralizaram e chamaram a atenção da mídia internacional
Imagens e o tuíte sobre 'golden shower' viralizaram e chamaram a atenção da mídia internacional -

Após os rumores de que teria demitido o ministro da Educação, Ricardo Vélez Rodríguez, o presidente Jair Bolsonaro usou o Twitter para desmentir a informação, na noite desta quarta-feira.

"Sofro fake news diárias como esse caso da 'demissão' do Ministro Vélez. A mídia cria narrativas de que NÃO GOVERNO, SOU ATRAPALHADO, etc. Você sabe quem quer nos desgastar para se criar uma ação definitiva contra meu mandato no futuro. Nosso compromisso é com você, com o Brasil", escreveu o presidente na rede social. 

Nesta quarta-feira, deputados pediram a renúncia do colombiano, que foi indicado por Olavo de Carvalho para a pasta. Parlamentares alegaram na Comissão de Educação da Câmara que o ministro não conseguiu apresentar propostas para a área e deu respostas vagas para os questionamentos sobre a pasta.