Marido de Carol Bittencourt vai ser indiciado por morte de modelo

Apresentadora morreu após cair de embarcação no dia 28 de abril em Ilhabela

Por O Dia

Caroline Bittencourt e o marido, Jorge Sestini
Caroline Bittencourt e o marido, Jorge Sestini -
Rio - O empresário Jorge Sestini será indiciado por homicídio culposo — quando não há intenção de matar — em relação à morte da mulher, Caroline Bittencourt. A modelo caiu no mar durante um vendaval que atingiu o litoral norte de São Paulo no último dia 28. 
De acordo com o delegado Vanderlei Pagliarini, responsável pelo caso, ele decidiu pelo indiciamento após ouvir formalmente o dono da marina onde a embarcação do casal partiu em Ilhabela. O marinheiro que resgatou Sestini depois dele nadar por três horas também foi ouvido. 
O inquérito aponta que há indícios da conduta culposa do empresário, que mesmo advertido sobre o mau tempo, lançou-se ao mar. Para o delegado, houve 'negligência'. A informação sobre o alerta consta no depoimento do proprietário da embarcação.
De acordo com Pagliarini, existem "seguros sbsídios que permitem concluir pela responsabilização criminal de Jorge Nogueira Sestini". 
O acidente
O acidente que matou Caroline Bittencourt, de 37 anos, aconteceu na tarde de domingo, 28 de abril. Ela caiu de uma lancha no litoral de São Paulo e copo dela foi encontrado na tarde do dia 29 pelo pai da modelo, que ajudava os bombeiros na busca. Hoje acontece a missa de sétimo dia de Carol, às 12h45, na Paróquia Nossa Senhora do Brasil. A missa será aberta ao público.
Missa de sétimo dia
Amigos e familiares de Caroline Bittencourt se reuniram na Igreja Nossa Senhora do Brasil, no Jardim Paulistano, em São Paulo, nesta segunda-feira, para a missa de sétimo dia da modelo. Neste domingo, em um post no Instagram, Isabelle Bittencourt, filha de Carol, falou um pouco mais sobre o acidente e contou que o vento jogou a modelo para fora da embarcação com seus dois cachorros de estimação. De acordo com a nota de Isabelle, depois que a modelo caiu no mar com os dois cachorros, Jorge pulou para tentar resgatá-la. Eles nadaram juntos por um tempo, mas Caroline não teria conseguido manter o ritmo.
 
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários