Alexandre Frota faz acordo e vai pagar R$ 25 mil a juiz que acusou de 'julgar com a bunda'

Parlamentar já havia sido condenado a pagar R$ 50 mil a juiz no ano passado

Por O Dia

Alexandre Frota e Gilberto Gil
Alexandre Frota e Gilberto Gil -
São Paulo - O deputado federal Alexandre Frota (PSL-SP) fechou um acordo, nesta segunda-feira, com o juiz Luís Eduardo Scarabelli, acusado pelo parlamentar de "julgar com a bunda" um processo de 2017. Foi acordado que Frota pagará R$ 25 mil de indenização e terá que se retratar publicamente sobre o caso.
Em 2017, Scarabelli julgou improcedente um pedido feito pelo ex-ator pornô, por danos morais, contra Eleonora Meinucci, ex-ministra da Secretaria de Políticas para Mulheres do governo Dilma Rousseff (PT). Na ocasião, Frota afirmou que foi julgado por "um juiz ativista, do movimento gay. Ele não julgou com a cabeça, julgou com a bunda".
O juiz moveu duas ações contra o atual parlamentar do PSL pelas declarações, uma na esfera cível e outra na esfera criminal. Na esfera cível, Frota foi condenado, em 2018, a pagar R$ 50 mil. O acordo de hoje foi feito em cima da ação que corre na esfera criminal. 
O parlamentar tem até o dia 30 deste mês para publicar uma retratação nas redes em que a ofensa ao juiz circulou – Facebook, Twitter, no Instagram e rádio – sob pena de multa em caso de atraso.
Condenações anteriores
Eleito deputado federal em São Paulo, pelo partido do presidente Jair Bolsonaro (PSL), Alexandre Frota coleciona condenações por ofensas na internet. Em fevereiro, o Tribunal de Justiça do Distrito Federal condenou o futuro deputado federal a pagar R$ 20 mil de indenização a Jean Wyllys (PSOL), por ofensas publicadas na internet em 2016. Somente neste ano, o ex-ator pornô foi condenado a indenizar Gilberto Gil, Chico Buarque e o próprio juiz Luís Eduardo Scarabelli, que foi ofendido após julgar improcedente uma ação de Frota. Além disso, o deputado eleito foi obrigado durante sua campanha a apagar post no Facebook com informações falsas sobre Chico Leite (Rede).

Galeria de Fotos

Alexandre Frota e Gilberto Gil Reprodução
Deputado Alexandre Frota acusou juiz de 'julgar com a bunda' Valter Campanato/Agência Brasil

Comentários